Procura-se “entrenador”. Mandar currículo para o Beira-Rio

Direção do Inter pretende substituir Diego Aguirre por outro "hermano" sul-americano. Para 2022, dirigentes tentarão promover grande reforma no time

Logo após a partida contra o Bragantino, quinta-feira, na última rodada do Brasileirão, o Inter começará uma forte reformulação para 2022 no Beira-Rio. A iminente não classificação para a Libertadores pegou de surpresa os dirigentes, que esperavam mais verba para as contratações, mas terão de lidar com uma redução no orçamento para o futebol. Com isso, jovens do time sub-20, campeões brasileiros em 2021, terão chance na equipe principal. A tendência é de muitas mudanças no time. A primeira delas é a saída do técnico Diego Aguirre, que em seguida deve assumir o comando da seleção uruguaia.

Aguirre está de saída. Seu sucessor também deve falar espanhol – Foto: Ricardo Duarte/Inter/DivulgaçãoAguirre está de saída. Seu sucessor também deve falar espanhol – Foto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

Seu substituto, muito provavelmente, também falará espanhol. O clube analisa o mercado argentino. Nomes como Eduardo Domínguez, do Colón, e Hernán Crespo, com recente passagem pelo São Paulo, estão sendo avaliados. Conterrâneo de Aguirre, Mauricio Larriera, do Penarol, é outra opção avaliada pelos dirigentes.

Pelo menos dois nomes estão certos na lista de dispensas: o goleiro Marcelo Lomba e o lateral-direito Saravia. O contrato de ambos termina dia 31, e o clube já comunicou seus procurados que não há interesse em mantê-los. Para o gol, o clube apostará em Daniel, que se recupera de lesão, e Keiller, que está emprestado à Chapecoense e retorna em 2022. Na lateral, a menos que ocorra um negócio de ocasião, Heitor começará o ano como titular, e o reserva virá das categorias de base.

Mesmo sem técnico definido, os dirigentes analisam reforços. O argentino Cano, cujo contrato com o Vasco termina este mês, foi oferecido. O salário de R$ 400 mil está dentro daquilo que o clube gaúcho pretende investir e o negócio pode evoluir nos próximos dias. O volante Andrey, também do clube carioca, que jogará mais um ano na Série B e precisa reduzir a folha salarial, é outro nome ofertado ao Inter. Se Lindoso renovar seu contrato que termina ao final de 2021, (o que é a tendência), Andrey não deve vir para o Beira-Rio.

Na avaliação da comissão técnica, o grupo é carente de atacantes de velocidade que atuem pelas pontas. No grupo atual, que mais tem essa característica é o jovem Gustavo Maia, de 20 anos. Seu desempenho nos treinos foi elogiado por Aguirre, mas ele passa por um período de adaptação em na pré-temporada, terá um tratamento intensivo para aprimorar o desempenho físico.

“Todas as avaliações serão feitas após o término da competição (Brasileirão). Imagina se quiséssemos tirar algum jogador agora ou a comissão técnica, qual efeito teria de benéfico para o próximo jogo? Nenhum. Esse momento será no final do campeonato — disse, logo após a derrota por 2 a 1 para o Atlético-GO, o vice de futebol Emílio Papaleo Zin.

Se vencer o Bragantino, o Inter, 12º colocado na tabela, o Inter só vai para a Libertadores se América, Atlético-GO, Ceará e Santos tropeçarem. Por isso, o mais provável é que dispute em 2022 a Copa Sul-Americana.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Inter

Loading...