Jayme de Almeida defende Mattheus: ‘Não dá para crucificar ninguém’

Técnico do Flamengo comentou desempenho do jogador na estreia no Campeonato Carioca. Meia foi vaiado pela torcida e substituído por Carlos Eduardo

Divulgação

A torcida do Flamengo pegou no pé do meia Mattheus na partida do Flamengo diante do Audax-RJ, na tarde do último domingo, na primeira rodada do Campeonato Carioca, quando o Rubro-Negro saiu vitorioso por 1 a 0 com gol de Welinton. O técnico Jayme de Almeida avaliou que o jogador fez uma boa partida e o defendeu durante a coletiva.

– Não fico falando de jogador individualmente. Mattheus não fez uma partida excelente, mas fez uma boa. A torcida pegou no pé dele depois daquele gol que ele perdeu. Mas é até uma maldade com o menino fazer uma coisa desta. No início de trabalho não podemos ter são severos na avaliação. Não dá para crucificar ninguém, fiquei muito satisfeito com o que eles fizeram – avaliou Jayme de Almeida.

Mattheus foi substituído por Carlos Eduardo pouco após o lance que gerou a vaia dos torcedores. E, curiosamente, Carlos Eduardo foi aplaudido por parte dos torcedores. Jayme de Almeida também destacou o desempenho dele a partir do apoio da torcida do Flamengo.

– O Carlos Eduardo teve um problema de contusão, havia dois anos que não jogava, ele sentiu o golpe. No que vemos do dia a dia, incentivamos. Ele conquistou no fim do ano passado o espaço dele. Acho que ele pode jogar mais, mas a torcida já começou a entender com o jogo deste domingo que ele nos ajuda muito. Sem muita pressão, com a torcida apoiando, ganhamos muito com o Carlos Eduardo no time – destacou.

O próximo compromisso do Flamengo no Campeonato Carioca é nesta quarta-feira, às 22h, em Volta Redonda, contra a equipe da casa.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...