Joinville empata com o Flamengo e vai às semifinais da Copa do Brasil Sub-20

Tricolor saiu perdendo, mas buscou o empate em 1 a 1 na Arena, na quinta-feira (29)

Carlos Junior/ND

Atacante Adriano fez o gol do JEC na classificação às semifinais

Um saboroso empate. Jogando em casa, com numeroso público, o time de juniores do JEC fez bonito e eliminou o Flamengo na Copa do Brasil Sub-20. O empate em 1 a 1, buscado na segunda etapa, deu a classificação ao Tricolor, que vai enfrentar o São Paulo nas semifinais da competição.

Os primeiros 15 minutos foram de jogo aberto, mas sem grandes finalizações. Enquanto o Flamengo acelerava para desfazer a vantagem do Tricolor, e com isso atacava de forma desorganizada, o Tricolor cadenciava o ritmo sempre saindo jogando do campo de defesa ao ataque e apostando nas bolas paradas.

A primeira oportunidade clara foi do Flamengo, aos 28. Em jogada trabalhada com participação de mais de cinco jogadores, Matheus Sávio mandou uma bomba quase da meia-lua da grande área, mas o goleiro do Tricolor, Matheus Albino, fez boa defesa. O goleiro dos donos da casa voltou a brilhar aos 33, ao espalmar chute forte de Lucas Paquetá que arriscou de longe. Aos 35, Matheus Albino trabalhou novamente em giro de Thiago Santos dentro da área do JEC.

O segundo tempo começou com o Flamengo em cima, na busca pelo resultado. Bastou uma substituição (Juninho no lugar de Bruno Kairon) para que o JEC passasse a se impor mais no campo ofensivo, para alegria da torcida, que não se intimidou com a chuva e, por pouco, não gritou gol quando Adriano, aos 15, recebeu passe açucarado de Juninho e quase marcou de puxeta.

Aos 16, porém, o castigo. Em investida pela esquerda, Marquinhos Cruzou da intermediária, a zaga não tirou e o zagueiro Léo Duarte cabeceou para abrir o placar para o Flamengo.

Aos 21, por detalhe o JEC não empatou. Em cobrança de falta de Jonathan, o zagueiro Jeferson apareceu no ataque, mas cabeceou para fora.

Aos 24, o Tricolor perdeu um gol feito. Jonathan descolou preciso cruzamento para Juninho que, em velocidade, cruzou na cabeça de Zé Arthur. O centroavante estava livre na pequena área, mas cabeceou para fora.

Aos 26, a dobradinha Jonathan e Juninho deu certo. O atacante foi ao fundo e dessa vez não cruzou, mas rolou na medida para Adriano desviar do goleiro e empatar o placar.

O Tricolor só não virou aos 43 porque faltou velocidade a Zé Arthur que, em contra-ataque, atravessou o gramado livre, mas acabou caindo quando a marcação apertou na entrada da área. O centroavante acabou sentindo a coxa no lance e deixou o JEC com um a menos nos últimos minutos, que foram de intensa pressão do time carioca.

Ficha Técnica

Local: Arena Joinville. Data: 29/10 (quinta). Hora: 19h30. Árbitro: Edson da Silva. Auxiliares: Johnny Barros de Oliveira e Eli Alves Sviderski. Gols: Adriano, aos 26 minutos do segundo tempo (J) e Léo Duarte, aos 16 minutos do segundo tempo (F). Cartões Amarelos: Jeferson (J) e Cafu, Marquinhos, Léo Duarte (F).

Joinville

Matheus Albino; André Krobel, Jeferson, André Baumer e Gustavo; Antônio Junior (Zé Arthur) e Roberto; Bruno Kairon (Juninho), Jhonatan e Breno (Léo Santos); Adriano.

Téc: Fabinho Santos

Flamengo

Thiago; Thiago Ennes, Léo Duarte, Rafael Dumas e Marquinhos (William); Ronaldo e Lucas Paquetá (Trindade); Thiago Santos, Matheus Sávio e Cafu (Jarles); Douglas Baggio.

Técnico: Zé Ricardo

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...