Líder da torcida Geral do Grêmio, “Alemão”está em prisão domiciliar

“Alemão da Geral”, como é conhecido, tinha condenação por lesão corporal desde 2016 por tumulto em agressão após jogo com o Corinthians em 2014

Conhecido como “Alemão da Geral” (torcida organizada do Grêmio), Rodrigo Marques Rysdyk foi preso na última quinta-feira em Porto Alegre. Policiais da 6ª Delegacia de Polícia de Homicídios da capital gaúcha cumpriram um mandado de prisão contra ele por uma condenação por lesão corporal de 2016. No mesmo dia, a prisão foi convertida em domiciliar.

“Alemão da Geral” foi liberado em seguida para cumprir prisão domiciliar. – Foto: Lucas Uebel/Gremio FBPA“Alemão da Geral” foi liberado em seguida para cumprir prisão domiciliar. – Foto: Lucas Uebel/Gremio FBPA

O “Alemão” havia sido condenado a dois anos e seis meses de reclusão por tumulto e agressão a um torcedor do Corinthians na saída de um jogo entre os dois times, em Porto Alegre, em 2014. Segundo a denúncia, o líder da torcida foi identificado por testemunhas como um dos autores de xingamentos e agressões torcedores com camisetas do clube paulista após a partida.

Condenação

A primeira condenação havia sido proferida pelo titular do Juizado do Torcedor e Grandes Eventos, Marco Aurélio Martins Xavier. Segundo o magistrado, o réu é um “indivíduo com vocação para o envolvimento em ocorrências policiais”. Na época, a condenação fora para o regime aberto e coube recurso.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...