Partidas de Avaí e Criciúma na Copa do Brasil podem ser adiadas; entenda

Governador Romeu Zema, de Minas Gerais, vetou a realização de jogos que envolvam times de outros Estados; Tigre enfrentaria o Marília (SP), enquanto o Leão pegaria o Palmas (TO)

Um novo decreto do governo de Minas Gerais pode alterar o local ou mesmo adiar as partidas de Criciúma e Avaí pela Copa do Brasil nesta semana.

Arena Independência, casa do América – Foto: ReproduçãoArena Independência, casa do América – Foto: Reprodução

O governador Romeu Zema (Novo) anunciou a proibição da realização de partidas de futebol profissional de equipes de outros estados em solo mineiro a partir desta quarta-feira (17).

O Estado entra na “Onda Roxa” do Minas Consciente, programa de enfrentamento à Covid-19, com medidas mais duras para tentar conter o avanço da pandemia pelos próximos próximos 15 dias.

O Tigre enfrentaria o Marília (SP), no estádio Municipal, em Varginha (MG), nesta quarta-feira, às 15h30. A partida, que originalmente aconteceria em São Paulo, já teve o local alterado devido à proibição do governo paulista.

O clube, que já está em Varginha, aguarda um posicionamento oficial da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sobre o tema.

A situação é a mesma do Leão, que enfrentaria o Palmas (TO), na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG) na quinta. O clube afirma que aguarda um posicionamento da entidade máxima do futebol brasileiro e tem viagem marcada para a capital mineira na noite desta terça-feira (16).

Vale ressaltar que as delegações de Palmas e Marília também já chegaram a Minas Gerais para os compromissos.

A reportagem do ND+ entrou em contato com a CBF, que apenas informou que qualquer alteração na data e local da partida será informada aos clubes. Até o fim da manhã desta terça-feira, os jogos seguem agendados para Varginha e Belo Horizonte.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Futebol Brasileiro