Técnico estrangeiro vai assumir Seleção Brasileira se Tite cair

CBF estaria preparando a saída do treinador gaúcho por conta de questões políticas. Assim analisa nomes de fora

Tite vem tendo um bom desempenho no comando da Seleção Brasileira apesar da perda do título da Copa América nop Brasil. Os canarinhos perderam para a Argentina no Maracanã. Mas mesmo assim existem rumores de que a CBF esteja planejando uma saída do comandante por questões políticas.

Tite pode não estar na Copa do Mundo 2022 – Foto: Reprodução/ YoutubeTite pode não estar na Copa do Mundo 2022 – Foto: Reprodução/ Youtube

As especulações sobre uma possível saída do técnico Tite do comando da Seleção Brasileira existem na imprensa e nos bastidores da entidade. Não existe quem crave a permanência dele até a Copa do Mundo de 2022 por conta de desgastes internos. Há quem fale em intrerferências do ex-presidente Marco Polo Del Nero.Também existe quem garanta que o clima melhorou com o afastamento de Rogério Caboclo, desafeto do treinador. Mas o MAIS QUE UM JOGO apurou que no caso de o treinador pedir demissão ou ser dispensado, a Seleção Brasileira terá um técnico estrangeiro.

MAIS! Balotelli agride companheiro. Veja o vídeo!

Hoje é consenso na entidade que existem poucos treinadores em condições de fazer um bom trabalho à frente do cargo. O nome mais cotado na ocasião da Copa América, Renato Gaúcho, acabou de assumir o Flamengo. Além disso está em grande momento e dificilmente vai deixar o clube.

Assim a entidade deve seguir o modelo de muitos clubes e buscar um treinador de fora. Caboclo chegou a tentar Xavi para ser auxiliar de Tite visando uma futura saída do comandante. Mas a empreitada fracassou.

A grande dificuldade é encontrar um nome de peso que aceite o desafio a um ano do torneio. Na entidade se acredita que nenhum nome de peso, como Pep Guardiola, aceitaria pegar o trabalho no meio e com pocuo tempo de treinamento.

MAIS! Kenedy tem tudo para brilhar no Flamengo. Entenda!

Tite, por sua vez, diz a amigos que pretende permanecer no cargo. O treinador deseja uma nova oportunidade de participar de uma Copa do Mundo, dessa vez cumprindo um ciclo inteiro de quatro anos. Antes de 2018 ele pegou a Seleção no meio do ciclo entre um Mundial e outro.

MAIS! PSG ganha de muitas seleções em valor de mercado

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Brasileiro

Loading...