Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Uma notícia muito ruim para o futebol brasileiro

Uma das principais competições do futebol brasileiro deixará de ser realizada pela primeira vez em 51 anos.

A FPF (Federação Paulista de Futebol) confirmou no início da tarde desta quinta(26), a suspensão da Copa São Paulo de Futebol Jr sob alegação de sérios riscos de contaminação da Covid-19 aos jovens atletas (e também comissões técnicas). No documento divulgado a FPF esclarece que “a cada ano, todo o time da Federação Paulista de Futebol se mobiliza para organizar 255 jogos em 24 dias, reunindo 128 times de todos os estados do Brasil. São mais de 3.800 jovens atletas que jogam em busca de um sonho. São longas viagens e 31 municípios paulistas envolvidos numa complexa logística de alojamento, alimentação e organização”.

Uma péssima notícia já que a Copinha é o caminho de entrada para vários jovens no mundo. Mas também ninguém pode condenar a “dura” decisão que foi tomada pelos organizadores. Não havia saída. A boa notícia é que na Copa São Paulo de Jr de 2022, jovens nascidos em 2001 poderão disputá-la. Assim não se perde uma geração de futuros craques.