Escudo: Chapecoense
CHA Chapecoense
Escudo: Avaí
AVA Avaí
Arena Condá - 06/09/2020 às 11h00

Chapecoense vence o Avaí e assume a vice-liderança da Série B

O atacante Perotti fez o gol da vitória do Verdão no início da segunda etapa; com a derrota, o Leão estaciona no meio da tabela

Em jogo muito brigado, a Chapecoense venceu o Avaí por 1 a 0 na Arena Condá, em Chapecó, na manhã deste domingo (6) e assumiu a vice-liderança da Série B. O atacante Perotti marcou o gol solitário da partida aos nove minutos da segunda etapa.

Jogadores da Chapecoense comemoram o gol marcado por Perotti – Foto: Márcio Cunha/ACF

Com a vitória o Verdão ampliou o “tabu” sobre o rival. Já são sete jogos sem vitória do Leão sobre a equipe do Oeste.

O jogo

Suor, correria e pouco futebol. Foi o retrato do primeiro tempo entre Chapecoense e Avaí.

A Chapecoense começou melhor marcando alto e complicando a saída de bola do Leão. A primeira chance foi aos 13 minutos. Paulinho Moccelin recebeu na ponta esquerda, passou por Ralf e bateu forte. Lucas Frigéri tentou encaixar a bola que acabou escapando e saindo pela linha de fundo.

No minuto seguinte, outro susto. Novo erro da saída de bola do Avaí, Rafael Santos lançou Ronei em velocidade que chutou por cima do gol.

Recuperado recentemente de lesão após longo período em inatividade, o atacante Rômulo ficou pouco menos de 15 minutos em campo. O jogador aparentou ter sentido a coxa ao dar uma arrancada e pediu substituição. Lourenço o substituiu.

O Avaí assustou apenas aos 28. Arnaldo avançou pela direita, cruzou, Daniel Amorim desviou e Pedro Castro completou por cima do gol. A partir da primeira finalização o Avaí equilibrou as ações e se fez mais presente no campo de ataque.

Apesar da melhora, o primeiro tempo terminou sem chances claras de gol para as duas equipes. De mais relevante, o cartão amarelo para o lateral Capa. Foi o terceiro do jogador que não enfrenta a Ponte Preta na próxima rodada.

Segunda etapa

A Chapecoense voltou melhor para a segunda etapa e abriu o placar aos nove minutos. Anderson Leite fez boa jogada pela intermediária e acionou Perotti, que invadiu a área, ganhou de Ralf e bateu cruzado, sem chances para Frigeri.

Jogo ficou truncado em alguns momentos – Foto: Márcio Cunha/ACF

No minuto seguinte o Verdão quase ampliou. Paulinho Moccelin deu belo lançamento para Rafael Santos, que saiu na cara de Lucas Frigéri mas bateu pra fora.

O técnico Geninho tentou mudar o panorama da partida e sacou Jean Martin e Arnaldo de campo, colocando Bruno Silva e Tucão. Porém, com menos de um minuto em campo, Bruno Silva fez falta dura e acabou levando cartão amarelo. Foi o terceiro do volante, que está fora do jogo contra a Ponte Preta.

O Leão quase empatou aos 17, Capa deu bom lançamento para Daniel Amorim, que na cara do gol finalizou em cima de João Ricardo.

Geninho ainda tentou colocar o time à frente com Gaston Rodriguéz no lugar de Ralf. Porém, o panorama da partida não mudou. No último lance do jogo, o goleiro Lucas Frigéri tentou ir para a área para ajudar ofensivamente, mas acabou fazendo falta de ataque.

Próximos compromissos

A Chape volta a campo pela competição nacional apenas no dia 14 de setembro, quando encara o CRB no estádio Rei Pelé, em Alagoas. Nesta quarta-feira (9) a equipe recebe o Brusque no primeiro jogo da final do Campeonato Catarinense. Já o Avaí recebe a Ponte Preta na próxima sexta-feira (11), no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA

Chapecoense 1×0 Avaí

Chapecoense: João Ricardo; Matheus, Joilson, Luiz Otávio e Rafael Santos; Willian, A. Leite (Lima) e Ronei (Foguinho); Paulinho Moccelin (Busanello), Aylon (Anselmo Ramon) e Perotti (Régis). Técnico: Umberto Louzer

Avaí: Lucas Frigéri; Arnaldo (Tucão), Rafael Pereira, Betão e Capa; Ralf (Gastón Rodriguez), Jean Martin (Bruno Silva), Pedro Castro e Valdívia; Romulo (Lourenço) e Daniel Amorim. Técnico: Geninho

Arbitragem: Ramon Abatti Abel (SC), auxiliado por Johnny Barros de Oliveira (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC); Evandro Tiago Bender é o quarto árbitro

Gols: Perotti (C) aos 9’ minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Joilson (C), Perotti (C), Anderson Leite (C) e Willian (C); Capa (A) e Bruno Silva (A)

Local: Arena Condá, em Chapecó

Lances da partida

+

Futebol Catarinense