Após chamar bandeirinha de ‘gostosa’, técnico do Juventus-SC recebe críticas de dirigente

Atitude de Celso Teixeira, do Juventus-SC, desagradou presidente de Federação

Divulgação

A “cantada” do técnico do Juventus-SC, Celso Teixeira, na auxiliar Maira Americano Labes não pegou bem no futebol catarinense. O treinador chamou a bandeirinha de “sua gostosa” logo após ser expulso na partida contra a Chapecoense, pelo Estadual, e recebeu críticas do presidente da Federação local, Delfim de Pádua Peixoto.

– Ele faltou com respeito. Ela realmente é uma moça bonita, mas não pode passar por esse tipo de situação. Não podemos concordar. O futebol precisa de seriedade – disse o mandatário ao LANCE!Net.

A declaração do técnico foi registrada na súmula pelo árbitro Paulo Henrique Godoy Bezerra e o caso será julgado no Tribunal de Justiça Desportiva do estado.

– Agora o assunto vai para o Tribunal, como é de praxe depois de cada expulsão de técnico e ainda mais pelo que ele falou – acrescentou o dirigente.

Curiosamente, a auxiliar Maira Labes é sobrinha de Delfim Peixoto, da parte da esposa do presidente da entidade. A auxiliar é formada em Educação Física e está noiva.

– Assim como não podemos sair chamando as mulheres de “gostosa” na rua, isso não pode acontecer no futebol – completou.

Depois de ser expulso e chamar a bandeirinha de gostosa, o técnico Celso Teixeira ainda depredou o próprio vestiário.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Futebol Catarinense

Loading...