Avaí X Figueirense: Clássico terá trabalhos distintos à beira do campo

Mesmo com a continuação da comissão técnica, a montagem do elenco e trabalho vem sendo realizado de maneira distinta para buscar resultados diferentes da última temporada

Avaí e Figueirense disputarão o clássico de número 451 nesta quarta-feira (3). Após uma longa temporada 2020, as equipes da Capital não conseguiram êxito nos seus objetivos. Porém, os comandantes Claudinei Oliveira e Jorginho foram mantidos no cargo e terão a oportunidade de construir uma história diferente em 2021. Nesta quarta, eles se enfrentam pelo Campeonato Catarinense.

Treinador Jorginho na esquerda e Claudineir Oliveira na direita durante treino das equipesJorginho e Claudinei Oliveira: os protagonistas do jogo desta quarta-feira (3) – Fotos: Patrick Floriani/FFC e Leandro Boeira/Avaí FC/Divulgação/ND

A manutenção de Claudinei Oliveira no comando do Leão da Ilha foi um sinal que o trabalho realizado na última temporada não é totalmente descartável.

Além do treinador, o Avaí manteve uma boa parte do atual elenco, que chegou vivo na briga pela classificação à elite do futebol nacional.

Esse fato é, em parte, reflexo da chegada do executivo de futebol Marco Aurélio Cunha. Em entrevista ao Grupo ND, o cartola azurra explicou porque a filosofia de investir no atual elenco. 

“Podemos recuperar alguns jogadores. Não posso pegar um atleta que tem contrato e jogar pela janela, ele ainda tem contrato. Se eu contratar outro, irei pagar dois por um. Então, vou pagar o que saiu e o que vai entrar. A missão de economia também passa em recuperar jogador com contrato para que ele possa devolver o que é investido”, detalhou.

Entre idas e vindas

Do outro lado da Ponte Hercílio Luz, o Figueirense manteve o treinador Jorginho, que trouxe um novo fôlego para o Furacão do Estreito na briga contra a degola, mas sem sucesso.

Com a queda para a Série C, a diretoria do Furacão do Estreito precisou trabalhar para reformular praticamente todo o elenco e adequar-se a realidade financeira do clube e da divisão.

Assim como todo elenco que passa por grandes mudanças, os torcedores ficam ansiosos para conhecer as novas caras do time. Nos dois primeiros jogos, o atacante Breno, atual dono da camisa 11 Alvinegra, foi uma das gratas surpresas e mostrou que pode ajudar com gols e assistências.

FICHA TÉCNICA

Avaí: Glédson; Edilson, Fagner Alemão, Betão e Iury; Foguinho, Bruno Silva e Vinicius Leite; Lourenço, Renato e Getúlio. Técnico: Claudinei Oliveira.

Figueirense: Vitor Caetano; Crystian, Felipe Gregório, Paulo Ricardo e Carlinho; Jeffesron (Fabrício Bigode), Khevin (Alê Santos) e Marllon; Pedro Maranhã, Breno e Marcelo. Técnica: Jorginho.

Local: Estádio da Ressacada, Florianópolis (SC) Data: 2/3/2021 Hora: 20h30

Arbitragem: O responsável por apitar a partida será Ramon Abatti Abel. Alex dos Santos e Johhny Barros de Oliveira serão os auxiliares.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Futebol Catarinense