Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


A base, sempre ela, salvando o Avaí dentro e fora dos gramados. E não é de hoje!

Na vitória diante do Joinville, a vitória veio após a entrada de jovens talentos oriundos da base do próprio Avaí. É um caminho sem volta que rende sucesso no gramado e no caixa do clube.

Apesar do amor que os homens do futebol do Sul da Ilha nutrem por jogadores com mais de 30 anos (muitos deles cansados, desestimulados e encostados nas suas equipes de origem), é a base, sempre ela, que nos momentos mais difíceis aparece para salvar o Avaí dentro de campo, no gramado, e fora dele, rendendo bom dinheiro em negociações com grandes clubes do Brasil e do exterior.  A vitória diante do Joinville, veio justamente com a entrada no gramado de jovens atletas em busca espaços no time profissional. No primeiro toque, e na semana em que assinou o seu contrato como profissional, Gustavo, de 18 anos, marcou o gol da vitória. Isso sem contar que o Avaí contou mais jovens da base como Jô, Jonathan, Gabriel, Wesley, João Victor e Luan Silva. Dá para colocar nessa lista também, o Jean Martin, que chegou na Ressacada como contratado para o time sub 21.

Gustavo, mais uma revelação da base do Avaí. – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FCGustavo, mais uma revelação da base do Avaí. – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC

São jovens que precisam jogar, adquirir ritmo, entrosamento entre eles, experiência e “cancha” como se dizia antigamente. A líder do estadual, a Chapecoense já entendeu que é por esse é o caminho daqui pra frente: olhar o próprio quintal. Nesta semana prorrogou o contrato do Perotti, destaque e artilheiro do campeonato estadual, até 2024. Pronto, mais um “cheque em branco” guardado no cofre no clube do time do Oeste. Apostar na base é ampliar o patrimônio do próprio clube visando o futuro. Apostar na base, é ter no campo, jogadores comprometidos com a história da camisa que deu a oportunidade de crescimento de cada atleta. Não existe outro caminho de sucesso no modelo atual do futebol. É ciclo que bem aproveitado só gera benefícios e conquistas dentro e fora de campo. Voltando para a vitória do Avaí diante do Joinville na noite de quarta na Ressacada, o jovem Gustavo com apenas um toque, já fez mais pelo Avaí que o Ronaldo, o mesmo jogador que o Claudinei Oliveira defende com tanta paixão nas coletivas e que se não estivesse lesionado, provavelmente teria entrado em campo no lugar do…  Gustavo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.