Escudo: Cuiabá
CEC Cuiabá
Escudo: Avaí
AVA Avaí
Arena Pantanal - 27/11/2020 às 22h30

Avaí perde para o Cuiabá com gol no último minuto

Avaí perdeu por 2 a 1 para o Cuiabá, viu sua sequência positiva interrompida e, de quebra, ficou quatro pontos atrás do adversário; gol do Dourado foi anotado aos 50 minutos

O Avaí foi derrotado na noite desta sexta-feira (27), início do sábado (em horário de Brasília), na Arena Pantanal, em Cuiabá. Com gol sofrido no último lance da partida, Leão da Ilha teve sua sequência positiva quebrada, estacionou na tabela e ainda viu o adversário abrir quatro pontos de vantagem.

Avaí, de Romulo, até conseguiu o empate mas sofreu o gol no último minuto – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC/divulgaçãoAvaí, de Romulo, até conseguiu o empate mas sofreu o gol no último minuto – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC/divulgação

História do jogo

O Avaí vive um paradoxo nessa Série B.  Sem praticar um futebol contundente se tornou refém dessa falta de personalidade.

Apesar de uma sequência de cinco jogos de invencibilidade, sendo três vitórias seguidas, o time de Geninho chegou a essa condição meio sem saber o porquê.

Com atuações tímidas, o time até vence, mas passa sufoco. A grande prova de tal tese está em seus números: um ataque satisfatório com 27 gols marcados, mas uma defesa que sofre muitos gols: 28.

Foi essa situação que, de alguma forma, explicou os primeiros 45 minutos.

Falha de Glédson

Com um futebol tímido, o Avaí não levou perigo a meta do adversário. Chegou a ter mais posse de bola, mas, sem criatividade, viu o adversário ameaçar mais.

Foi em lance pela direita da defesa do Avaí que nasceu o gol do time da casa: cruzamento na área onde Glédson, contra o manual, espalmou uma bola para o meio da área. Ela se ofereceu poara Maxwell, artilheiro do Dourado na temporada com 14 gols, acertar a cara da bola e estufar a rede avaiana.

Vitória parcial no erro avaiano, mas do time que mais tentou na primeira etapa.

Segundo tempo e mais uma falha de Glédson

O segundo tempo parecia até outro jogo. Com outro ímpeto, o Avaí voltou mais ligado. Com menos de dez minutos o Leão da Ilha já tinha finalizado mais que comparado a ele mesmo nos primeiros 45 minutos.

O Cuiabá, com a vantagem no placar, sentou no resultado e tentou, dentro do seu campo, frear o ímpeto azurra. Não conseguiu.

Getúlio foi lançado as costas da defesa, acelerou em direção a área e acabou derrubado por Anderson Conceição. Pênalti.

Alemão correu para bola e marcou o empate.

Os times saíram para o jogo. Com trocas “ousadas”, os técnicos sinalizaram a busca pela vitória.

Foi o Cuiabá, no entanto, que chegou nela. Contra-ataque fulminante do time da casa aos 50 minutos da segunda etapa onde Marcinho fez linda jogada pela direita, a defesa do Avaí cortou mal e a bola chegou em Maxwell, mais uma vez.

Ele puxou para o pé direito e mandou no canto direito de Glédson que, atrasado, pulou e não achou nada.

Vitória e apito final na Arena Pantanal.

FICHA TÉCNICA

Cuiabá: Matheus Nogueira; Lenon, Ednei, Anderson Coinceição e Romário; Auremir (Jean Patrick), Marcinho, Gabriel Pierini e Felipe Ferreira (Diego Jardel); Felipe Marques e Maxwell. Técnico: Alan Aal.

Avaí: Glédson; Alemão, Alan Costa, Airton e Ramon (Zé Marcos); Ralf, Jean (Valdívia) e Pedro Castro; Getúlio (Jonathan), Romulo e Ronaldo (Rodrigão). Técnico: Bruno Gonçalo.

Gols: Maxwell (36/1T) (50/2T); Alemão (26/2T)

Cartões amarelos: Romário, Anderson Conceição, Felipe Ferreira (CUI); Airton, Ramon e Getúlio (AVA).

Arbitragem: Lucas Paulo Torezin (PR); auxiliado por Jefferson Cleiron Piva da Silva (PR) e Luiz H. Souza Santos Renesto (PR).

Lances da partida

+

Avaí