Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Apesar da teimosia do treinador, Avaí busca empate diante do Athletico-PR na Ressacada

Teimoso, Claudinei Oliveira novamente insistiu com o Junior Dutra e Getúlio. Mesmo jogando bem na primeira etapa, a bola parou no arremate final. Jonathan saiu do banco para garantir o empate.

Apesar da teimosia do treinador Claudinei Oliveira, em novamente insistir com o Junior Dutra e Getúlio no time titular, o 1 x 1 do Avaí diante do Athletico-PR na noite desta quinta(03) na Ressacada no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil não pode ser considerado um resultado ruim. Claro, que a vitória seria o ideal, mas o empate deixa a briga pela classificação aberta na próxima quarta em Curitiba. Nada está definido. Sobre o jogo, o campeão catarinense apresentou boa mobilidade na primeira etapa, mas os lances paravam no arremate final. E foi justamente com a entrada do jovem Jonathan, que não pode ser banco deste time de jeito nenhum, que surgiu o gol de empate para fazer justiça na partida. Se o Avaí não merecia sair de campo com a vitória, também não merecia sair com a derrota. Apesar da teimosia do seu treinador, o Avaí permanece na briga na Copa do Brasil.

Jonathan saiu do banco para mostrar como se faz. – Foto: Frederico Tadeu/Avaí/FCJonathan saiu do banco para mostrar como se faz. – Foto: Frederico Tadeu/Avaí/FC

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.