Árbitro polêmico comandará Avaí x Goiás no domingo

Árbitro Rodolfo Toski Marques é marcado por polêmicas em alguns jogos; um deles foi na primeira rodada do Brasileirão onde o árbitro anulou o gol do zagueiro Betão alegando um desvio de mão do atleta

O árbitro Rodolpho Toski Marques, pertencente ao quadro de árbitros da FIFA, está escalado para apitar a partida entre Avaí e Goiás na próxima rodada do Brasileirão, no domingo (21). O árbitro é um dos responsáveis pela maior polêmica da rodada passada.

Árbitro Rodolpho Toski Marques possui um histórico de decisões contestáveis – ESTADÃO CONTEÚDO/NDÁrbitro Rodolpho Toski Marques possui um histórico de decisões contestáveis – ESTADÃO CONTEÚDO/ND

Na ocasião, o Toski foi o responsável por apitar a partida entre Grêmio x Vasco, válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Aos 20 segundos da segunda etapa, os cariocas ampliaram o placar para 2 a 0. Rodolpho Toski Marques chegou a validar o gol. Porém, após ser chamado para consultar o VAR, o árbitro invalidou o lance devido uma falta do atacante Rossi no início da jogada. A diretoria vascaína entrou com recurso na segunda-feira (16), pedindo a impugnação da derrota.

Essa não é a primeira vez que Rodolpho Toski Marques se envolve em polêmicas. O árbitro apitou a primeira partida do Avaí neste Brasileiro e acabou acontecendo uma cena semelhante. Após validar o lance, que seria o segundo gol da equipe catarinense, o árbitro foi chamado para analisar o lance no VAR e invalidou o gol, devido um suposto desvio na mão do zagueiro Betão.

Em uma pesquisa realizada pelo portal UOL, envolvendo 106 atletas de 13 equipes da Série A, Rodolpho Toski Marques foi eleito o terceiro pior árbitro de 2018. Ficando atrás de Ricardo Marques Ribeiro e Bráulio da Silva Machado, respectivamente.

Leia também: 

Confira outros lances polêmicos de Rodopho Toski Marques

*Santos 2 x 1 Cruzeiro (3 a 0 para o Cruzeiro nos pênaltis)  (Copa do Brasil, em 15/8/2018)

O árbitro acrescentou mais quatro minutos na segunda etapa da partida. Depois de marcar uma falta para o Cruzeiro, ele adicionou mais um. Após falta interceptada pela defesa santista, o Santos iria emendar um contra-ataque com o atacante Gabriel. Mas o Toski acabou a partida antes dos 50 e justamente no momento do contra-ataque do Santos. O Cruzeiro venceu por 3 a 0 nas disputas de pênaltis.

Grêmio 2 x 2 Bahia (Série A – 6/10/2018)

Rodolpho Toski Marques ficou marcado por expulsar Jackson, ainda no primeiro tempo, e assinalar um pênalti contestado no final do jogo. No lance, o atacante Marinho desabou no gramado após leve contato de Gregore. O árbitro viu um empurrão e marcou o pênalti.

Corinthians 1 X 1 São Paulo (Série A – 10/11/2018)

Após chute de Danilo, o goleiro Jean fez uma linda defesa, mas a bola já havia ultrapassado a linha do gol. Rodolpho Toski Marques não validou lance. Um pênalti não marcado em cima do atacante Romero também gerou indignação por parte do Corinthians.

Atlético-MG 2 x 1 Avaí (Série A – 27/4/2019)

Em cobrança de escanteio, o zagueiro Betão marcou o gol que foi validado pelo juiz, mas o lance foi revisado pelo Var. Após consultar o vídeo, Rodolpho Toski Marques anulou o gol do zagueiro, que teria tocado a bola com a mão esquerda. Betão negou veementemente, dizendo que escorou com a coxa esquerda. Antes do toque, o defensor avaiano recebeu carga de Leonardo Silva.

Santos 0 x 0 Internacional (Série A – 26/5/2019)

O Peixe reclamou de um lance envolvendo Rodrygo dentro da área. O atacante foi derrubado pelo zagueiro colorado, Victor Cuesta, e o árbitro Rodolpho Toski Marques marcou o pênalti. Mais uma vez, o VAR recomendou a revisão do lance. Após revisão, o juiz não marcou a infração.

Grêmio 2 x 1 Vasco (Série A -13/7/2019)

Após validar o gol e ser chamado para consultar o VAR, o árbitro alegou que o atacante Rossi fez falta ao usar os braços e acertar o rosto do atleta do Grêmio. Além da anulação do gol, o Vasco não vai contar com Rossi para a próxima partida devido receber o seu terceiro cartão amarelo. A diretoria vascaína entrou com uma uma ação nesta segunda-feira (15), no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) apontando erros procedimentais do juiz no lance da anulação.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Avaí

Loading...