Fábio Machado

fabio.machado@ndmais.com.br Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Até que enfim: Conmebol corrige uma grande injustiça no futebol

Decisão da Conmebol passa a valer a partir da próxima temporada. Gol é gol, não importa se diante ou longe do seu torcedor. Agora só falta acabar com as prorrogações.

Fim do chamado “gol qualificado” nas competições da CONMEBOL. – Foto: Fabricio Escandiuzzi/SESFim do chamado “gol qualificado” nas competições da CONMEBOL. – Foto: Fabricio Escandiuzzi/SES

FIM DE UMA INJUSTIÇA NO FUTEBOL

Uma boa notícia para o futebol sul-americano. Finalmente a   Confederação Sul-Americana de Futebol  ( Conmebol ) vai acabar com o chamado “gol qualificado” em suas competições. É aquele gol marcado fora de casa nos campeonatos em que os jogos são de ida e volta. Estava na hora de terminar com essa injustiça. Ora, gol é gol, não importa se diante ou longe da sua torcida. Outra aberração que o futebol brasileiro e mundial precisa acabar é com a prorrogação. No futebol moderno, com o profundo desgaste físico dos atletas, jogar noventa minutos e mais os acréscimos e depois mais 30 minutos é desumano e desnecessário. Terminou o confronto empatado em gols ou pontos na soma dos dois jogos? Parte logo para as penalidades máximas que as emoções estão garantidas do mesmo jeito. E para finalizar, a FIFA está testando uma tecnologia que vai acabar com os impedimentos mau marcados pelos assistentes. O chamado “hawk-eye” pode ser aplicado já na Copa do Mundo do ano que vem. Assunto para as próximas colunas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...