Avaí aguarda repasse do zagueiro Gabriel para as próximas horas

Defensor revelado no Avaí que atualmente defende o Arsenal-ING, ainda vai render alguns milhões ao Leão da Ilha; presidente Battistotti, em entrevista a uma rádio da capital, confirmou espera

Ao passo que os jogadores gozam de férias, pelo menos, até o dia 8 de fevereiro os bastidores do Avaí estão ativos. Nesta segunda-feira (1) o presidente do clube, Francisco Battistotti, esteve na rádio Guarujá e falou sobre alguns pontos importantes para o Leão da Ilha, dentre outros, a chegada do dinheiro referente ao zagueiro Gabriel Magalhães, atualmente no Arsenal (ING).

Gabriel Magalhães já tem um gol com a camisa dos “Gunners”; atleta foi eleito o melhor jogador do clube no mês de setembro. – Foto: Arsenal FC/divulgaçãoGabriel Magalhães já tem um gol com a camisa dos “Gunners”; atleta foi eleito o melhor jogador do clube no mês de setembro. – Foto: Arsenal FC/divulgação

“Não existe nada de falcatrua”, ponderou o mandatário azurra, logo após explicar a situação envolvendo o dinheiro proveniente do defensor. Ainda na metade de 2020, início da temporada europeia, o Arsenal adquiriu o zagueiro junto ao Lille-FRA por € 26 milhões.

Battistotti, ao ser questionado, explicou se tratar de uma demora em função de negociações. Ele confirmou, sem falar em valores, que o Avaí deve receber uma fatia do que é devido nas próximas horas e esse valor vai ajudar no pagamento e quitação dos atrasos admitido no clube.

Dívida do Atlético-MG

Entre o término de 2018 e o início de 2019 o Avaí vendeu o lateral Guga ao Atlético-MG onde o atleta atua até hoje. O detalhe é que, segundo Francisco Battistotti, o Galo não teria quitado a última parcela acordada no negócio.

O valor da dívida, segundo o mandatário Azurra, é de R$ 1,1 milhão referente a última parcela do negócio. A transação, a época, foi fechada em € 1,8 milhão, segundo o portal Transfermarket.

Permanência de Claudinei Oliveira

Apesar do Avaí bater na trave e não assegurar o acesso à Série A, o trabalho de Claudinei Oliveira foi aprovado pela diretoria. Tanto é verdade que o treinador indicou que deverá permanecer no Sul da Ilha de Santa Catarina.

Claudinei Oliveira, técnico do Avaí por, pelo menos, mais uma temporada. Foto: Denny Cesare/Código 19/Estadão ConteúdoClaudinei Oliveira, técnico do Avaí por, pelo menos, mais uma temporada. Foto: Denny Cesare/Código 19/Estadão Conteúdo

“O presidente me ligou e mostrou intenção pela minha permanência, mas não tem nada conversado. Não sentamos para negociar valores e bater o martelo, mas a intenção existe, tanto da minha parte quanto do presidente. Agora temos que sentar com ele, junto com meu empresário, para as tratativas”, revelou Claudinei Oliveira.

Contratado na reta final da Série B, o comandante participou de nove jogos com quatro vitórias, três empates e duas derrotas, tendo aproveitamento de 55,5%. Essa foi a segunda passagem de Claudinei Oliveira no Avaí. Na primeira, entre 2016 e 2018, obteve o acesso à Série A.

O Avaí se prepara para o Campeonato Catarinense. A estreia será contra o Juventus em 24 de fevereiro, às 20h30.

*Com colaboração Agência Estado

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Avaí