Avaí avisa Federação Catarinense que mandará suas partidas apenas na Ressacada

Caso não seja possível, a diretoria indica encerramento da competição e que o Avaí seja considerado campeão do Catarinense de 2020

O Avaí protocolou um documento para a FCF (Federação Catarinense de Futebol), nesta segunda-feira (22), informando que só mandará suas partidas do restante do Estadual no estádio da Ressacada. Caso contrário, o clube indicou que seja encerrado o Campeonato Catarinense e que o Leão da Ilha seja considerado campeão desta edição.

Diretoria do Leão da Ilha se nega em mandar suas partidas em outro local – Foto: Ian Sell/NDDiretoria do Leão da Ilha se nega em mandar suas partidas em outro local – Foto: Ian Sell/ND

O pedido foi enviado pelo presidente do Avaí, Francisco José Battistotti. No documento, ele relembra que a prefeitura de Florianópolis não permitiu que sejam realizadas partidas na Capital. Em carta, a diretoria azurra afirma que não abrirá mão da vantagem de disputar em casa todas as fases da competição.

Leia também: 

“Garantir o equilíbrio, isonomia e a igualdade na competição é obrigação da FCF, já que o clube não pode ser penalizado por algo que não produziu”, escreveu Battistotti no documento.

Diretoria sugere suspensão e Avaí campeão

Como resultado, o Avaí pediu para que seja marcado o jogo de volta da segunda fase, contra a Chapecoense, no Estádio da Ressacada.

Dessa forma, sem a possibilidade de ser realizada em qualquer outro local. Caso contrário, o presidente sugeriu que a competição seja suspensa imediatamente.

Em último caso, a sugestão é que o Estadual de 2020 seja encerrado e que o Avaí seja declarado campeão. Como argumento, a carta afirma que “foram jogados 73,7% do total da competição”.

A primeira partida entre Avaí e Chapecoense está marcada para o dia 8 de julho, às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó. Já a partida de volta, inicialmente, deve acontecer no dia 12  de julho, com o Leão da Ilha sendo o mandante.

+ Avaí