Avaí busca a recuperação na Série B diante do Guarani

Avaí joga em Campinas (SP), no próximo domingo, em duelo válido pela penúltima rodada do primeiro turno da Série B; time de Geninho quer se recuperar da derrota para o Juventude

O Avaí entra em campo no domingo (25) contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). O jogo vale pela penúltima rodada do primeiro turno e, para o Avaí, é mais um momento de buscar a recuperação para que, assim, não veja o bloco da frente se distanciar.

Luan Silva, volante do Avaí; mais uma cria da base no Leão da Ilha – Foto: Leandro Boeira/Avaí FC

Talvez isso denote da campanha (irregular) do Avaí. São sete vitórias e oito derrotas – além de dois empates – até aqui, nesta Série B. São resultados que se intercalam e, assim, dão a impressão de que o percurso azurra simule um eletrocardiograma.

Para a próxima partida, o técnico Geninho vai para mais uma chance de voltar a vencer e, assim, buscar embalar na competição.

Apesar de defender a tese de que “não gosta” de ver seu time entre os primeiros colocados, sobretudo, na primeira parte do campeonato, o técnico Geninho também precisa encontrar soluções em seu time para que, quando necessário, ingresse no grupo dos quatro primeiros de modo a não sair mais.

Para isso, no entanto, o time precisa ser menos instável. A defesa avaiana, por exemplo, é a 3ª mais vazada da competição com 23 gols sofridos. Fica a frente da Ponte Preta, que sofreu 25 e do lanterna Oeste que buscou 30 bolas na rede.

Derrota atípica

Para o lateral João Lucas, do Avaí, o revés diante do Juventude, na última rodada, foi atípico.

João Lucas, lateral-esquerdo do Avaí, falou em “derrota atípica” – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC

“Foi um jogo atípico (contra o Juventude). Falhas nossas e custaram os três pontos. A Série B é muito difícil. Times muito parelhos. Precisamos errar menos possível e acertar mais. O G-4 está perto. Precisamos conquistar pontos nesses dois próximos jogos para encostar”, falou o atleta.

Contra o Guarani, Geninho terá o retorno de cinco jogadores. São eles: Daniel Amorim, Eduardo Kunde, Iury, Jonathan e Leandrinho. No entanto, ainda está barrado Getúlio, lesionado, além de Jeam Martim e Romulo, com covid-19.

Adversário vem em ascensão 

O Bugre campineiro, depois de empatar com o Vitória, na Bahia, emendou sua terceira partida de invencibilidade na Série B. É o melhor momento do time de Campinas (SP) que recebe, em seus domínios, o time do Avaí.

Para o duelo contra o Leão o técnico Felipe Conceição ainda deverá realizar um treinamento a fim de confirmar o 11 inicial.

FICHA TÉCNICA

Guarani: Gabriel; Pablo, Wálber, Didi (Romérico) e Erick Daltro; Bruno Silva, Eduardo Person e Lucas Crispim; Renanzinho, Rafael Costa e Eliel. Técnico: Felipe Conceição.

Avaí: Glédson; Iury, Betão, Alan Costa e João Lucas; Luan Silva, Ralf, Pedro Castro, Renatinho e Valdívia; Gastón. Técnico: Geninho.

Local: estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). Data: 25/10/20. Hora: 18h15.

Arbitragem: Marielson Alves Silva (BA); auxiliado por Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e José Carlos Oliveira dos Santos (BA).

+

Avaí