Avaí só empata com a Ponte Preta e pode perder vice-liderança da Série B

Leão da Ilha saiu na frente do placar, mas acabou sofrendo o empate na segunda etapa e ainda viu Bruno Silva ser expulso

O Avaí ficou apenas no empate com a Ponte Preta e pode perder a vice-liderança da Série B ao término da 29ª rodada. Copete, em bela finalização, abriu o placar na primeira etapa, mas Léo Naldi deixou tudo igual no segundo tempo, para a frustração dos mais de 1.500 presentes no estádio da Ressacada.

Bruno Silva foi expulso no segundo tempo – Foto: Frederico Tadeu/Avaí F.CBruno Silva foi expulso no segundo tempo – Foto: Frederico Tadeu/Avaí F.C

Com o resultado, o Avaí chega aos 50 pontos. Porém, a equipe catarinense pode ser ultrapassada por Botafogo ou CRB, que se enfrentam na rodada, ou pelo Goiás, que encara o Náutico.

O jogo

As propostas de jogo das duas equipes ficaram bastante claras logo nos primeiros minutos. O Avaí com maior posse de bola, procurando construir as jogadas desde a defesa, e a Ponte Preta se defendendo bem com duas linhas de quatro e apostando em contragolpes.

Com dificuldades para entrar na área rival, o Avaí apostou em finalizações de longa distância. A primeira com perigo aconteceu aos 22 minutos. Vinícius Leite recebeu na ponta esquerda, cortou para o meio e finalizou bonito de fora da área para grande defesa do goleiro Ygor.

Sete minutos depois foi a vez de Bruno Silva arriscar e mandar por cima da baliza paulista.

Copete comemora o gol do Avaí – Foto: Frederico Tadeu/Avaí F.CCopete comemora o gol do Avaí – Foto: Frederico Tadeu/Avaí F.C

Melhor em campo, o Avaí conseguiu chegar ao gol aos 30′. Em cruzamento na grande área, Bruno Silva desviou e a bola sobrou para Copete cortar para o meio e bater bonito no ângulo, sem chances para Ygor.

Mesmo após o gol, a equipe visitante seguiu com a mesma estratégia, se defendendo em um bloco mais baixo e apostando na velocidade do atacante Moisés.

Apesar de sofrer com a velocidade do atacante rival, e apresentar alguns problemas na transição defensiva, o Avaí terminou a primeira etapa sem nenhum “susto” para Glédson.

Bola na trave, gol e expulsão

As equipes voltaram sem mexidas para o segundo tempo e quem ameaçou primeiro foi o Leão. Antes mesmo do primeiro minuto, Bruno Silva, de muito longe, acertou uma bomba no travessão.

No entanto, a Ponte Preta, que pouco havia ameaçado na primeira etapa, foi quem conseguiu chegar ao gol. Kelvin fez boa jogada pelo lado direito, fez o cruzamento e Léo Naldi, livre, deixou tudo igual na Ressacada.

A equipe visitante quase conseguiu a virada minutos depois. Em falta na entrada da área, Rafael Santos mandou uma bomba e a bola passou raspando a trave direita de Glédson.

Avaí x Ponte Preta pela  29ª rodada da Série B – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.CAvaí x Ponte Preta pela  29ª rodada da Série B – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C

Tentando mudar o panorama da partida, Claudinei Oliveira optou por fazer logo três substituições de uma vez. Entraram Jadson, Valdívia e Rômulo nas vagas de Lourenço, Vinícius Leite e Jonathan, respectivamente.

As substituições, no entanto, não surtiram o efeito esperado. A equipe catarinense seguiu com dificuldades na criação das jogadas e ainda viu o volante Bruno Silva ser expulso, aos 34 minutos, por entrada dura em André Luiz.

O apito final do árbitro Dyorgines Jose Padovani de Andrade foi marcado pela insatisfação dos torcedores contra a arbitragem. O resultado põe fim a uma sequência de quatro vitórias seguidas do Leão da Ilha.

Próximo confronto

O Avaí volta a campo apenas no dia 16 de outubro, quando visita o Confiança. Já a Ponte Preta joga um dia antes, quando recebe o Náutico.

FICHA TÉCNICA:

Avaí 1×1 Ponte Preta – 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Avaí: Glédson; Edilson, Alemão, Betão e Diego Renan (João Lucas); Bruno Silva, Jean Cléber e Lourenço (Jadson); Copete, Jonathan (Rômulo) (Wesley Soares) e Vinícius Leite (Valdívia). Técnico: Claudinei Oliveira

Ponte Preta: Ygor; Kevin, Ednei, Fábio Sanches e Rafael Santos; Marcos Júnior, Léo Naldi (Lucas Cândido) e André Luiz (Camilo); Richard (Iago), João Veras (Josiel) e Moisés. Técnico: Gilson Kleina

Gol: Copete (AVA) aos 30′ do 1º tempo; Léo Naldi (PON) aos 4′ do 2º tempo

Cartões amarelos: Betão (AVA) e Wesley Soares (AVA)

Cartão vermelho: Bruno Silva (AVA)

Público e renda: 1.540 torcedores para uma renda de R$ 34.693

Local: estádio da Ressacada, em Florianópolis

Data: 5/10/21

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Avaí

Loading...