Avaí sofre mais de 40% dos gols na Série A em lances de bola parada

Leão da Ilha voltou ao sofrer em lances de bola parada no duelo contra o Cuiabá, onde foi derrotado por 2 a 1 na Ressacada

A derrota em casa do Avaí diante do Cuiabá neste domingo (3) acabou chamando atenção por um detalhe que vem virando uma espécie de “tormento” para o torcedor Azurra nesta Série A: a bola parada defensiva.

Avaí vem sofrendo muitos gols em lances de bola parada no BrasileirãoAvaí vem sofrendo muitos gols em lances de bola parada no Brasileirão – Foto: AssCom Dourado

Na partida contra o Dourado os dois gols sofridos pelo Leão nasceram assim. O primeiro em falta lateral, que Valdívia recebeu livre no bico da grande área. E o segundo em cobrança de escanteio.

Segundo levantamento feito pela reportagem do ND+, dos 23 gols sofridos pela equipe catarinense no Brasileirão, 10 aconteceram em lances de bola parada, pouco mais de 43%. Vale ressaltar que este levantamento inclui gols de pênalti.

Como saíram os gols:

Avaí 3×2 Goiás – 3ª rodada

O primeiro gol do Goiás nasce de uma falta frontal onde há o levantamento na grande área, Douglas dá rebote e Pedro Raúl completa para as redes. O segundo gol da equipe esmeraldina nasce de um pênalti convertido por Elvis.

Avaí 1×2 Juventude – 6ª rodada

O segundo gol do Juventude nasce de um escanteio cobrado próximo ao centro da pequena área onde o zagueiro Vitor Mendes sobe sozinho para marcar o gol da vitória da equipe gaúcha.

Athletico-PR 2×1 Avaí – 7ª rodada

O primeiro gol do Athletico-PR nasce de uma cobrança de pênalti convertida por Terans.

Atlético-MG 2×1 Avaí – 8ª rodada

O gol da virada do Atlético-MG nasce de um escanteio cobrado no bico da grande área, onde Eduardo Sasha, livre, tem tempo e espaço de finalizar para o gol.

Avaí 1×1 São Paulo – 9ª rodada

O gol do São Paulo nasce de um pênalti convertido por Reinaldo ainda no primeiro tempo.

Avaí 3×2 Fortaleza – 12ª rodada

O primeiro gol do Fortaleza na partida nasce de um escanteio cobrado próximo ao centro da grande área, onde Róbson subiu livre para cabecear.

Avaí 2×2 Palmeiras – 14ª rodada

O primeiro gol do Palmeiras na partida nasce de um pênalti cobrado por Gustavo Scarpa. O lance que originou a penalidade saiu de um escanteio, que terminou com toque de mão de Bressan em finalização de Zé Rafael.

Avaí 1×2 Cuiabá – 15ª rodada

O primeiro gol do Cuiabá na partida nasce de uma falta lateral onde Valdívia, na entrada da grande área, recebe sozinho para finalizar no canto.

O segundo gol nasce de um cobrança de escanteio na segunda trave onde Rodriguinho ganha o duelo por cima e Joaquim Henrique completou no rebote.

Locais de lances de bola parada contra o Avaí que terminaram em finalização na Série A – Foto: Instat/ReproduçãoLocais de lances de bola parada contra o Avaí que terminaram em finalização na Série A – Foto: Instat/Reprodução

Assista aos gols de Avaí 1×2 Cuiabá:

Confira os gols de Avaí 1×2 Cuiabá pelo Campeonato Brasileiro – Vídeo: NDTV/Reprodução

Como o Avaí marca em bolas paradas

Eduardo Barroca utiliza uma marcação prioritariamente por zona nas bolas paradas defensivas no Avaí, com seus principais cabeceadores protegendo a pequena área, especialmente em escanteios e faltas próximas a área.

Em algumas partidas, o treinador Azurra adapta essa marcação e utiliza bloqueadores. Ou seja, jogadores com a responsabilidade de impedir a corrida do adversário que vier de trás para pegar a bola de frente. Ele varia entre um a dois bloqueadores, principalmente em escanteios.

Em branco, jogadores marcando por zona, protegendo o espaço e em amarelo o jogador utilizado como “bloqueador” – Foto: NDTV/ReproduçãoEm branco, jogadores marcando por zona, protegendo o espaço e em amarelo o jogador utilizado como “bloqueador” – Foto: NDTV/Reprodução
Novamente, espaço em branco sinaliza os atletas marcando por zona e em amarelo os dois bloqueadores – Foto: NDTV/ReproduçãoNovamente, espaço em branco sinaliza os atletas marcando por zona e em amarelo os dois bloqueadores – Foto: NDTV/Reprodução
No gol sofrido contra o Fortaleza, foi utilizada uma marcação totalmente zonal – Foto: NDTV/ReproduçãoNo gol sofrido contra o Fortaleza, foi utilizada uma marcação totalmente zonal – Foto: NDTV/Reprodução
Contra o Cuiabá, Barroca optou por utilizar dois bloqueadores no escanteio – Foto: NDTV/ReproduçãoContra o Cuiabá, Barroca optou por utilizar dois bloqueadores no escanteio – Foto: NDTV/Reprodução

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Avaí

Loading...