Avaí vence Figueirense por 1 a 0 na reabertura da Ressacada

Gol do clássico foi marcado pelo atacante William

O torcedor do Avaí não sabia o que era sentar nas arquibancadas da Ressacada havia três meses. De gramado novo, o estádio recebeu nada menos que o clássico para o primeiro jogo da temporada. Uma partida repleta de emoção e lances polêmicos. O Leão, dono da casa, mostrou quem é que manda no Sul da Ilha e venceu por 1 a 0, gol de William. O alvinegro tem apenas uma vitória em sete jogos no Catarinense 2016. O time azurra entrou no G4 com o resultado. 

Eduardo Valente/Lancepress

William mostrou oportunismo para marcar o gol do Avaí

O Avaí reclamou de dois pênaltis não marcados no primeiro tempo. O Figueirense não ficou atrás e também contesta um lance ignorado por Ronan Marques da Rosa. O Leão teve mais posse de bola e pressionou o Alvinegro, que teve a melhor chance de abrir o placar, com Dudu.

O camisa 11 se livrou de dois defensores e chutou com força, a bola bateu no travessão, Everton Santos pegou o rebote de cabeça e Renan salvou o time azurra. 

O Figueirense voltou para o segundo tempo com Guilherme Queiroz. O Avaí seguiu melhor em campo e, dessa vez, teve uma oportunidade efetiva de balançar a rede. William tabelou com Romulo e finalizou da entrada da área.

A bola passou perto da trave esquerda de Gatito Fernández. Aos 33, o artilheiro do Leão foi recompensado com o gol da vitória. Vitor Costa cruzou da esquerda, o goleiro alvinegro espalmou, mas a bola sobrou para o Batoré conferir. 

Avaí (1)

Renan; Renato, André Santos, Gabriel e Vítor Costa; Judson, Braga (Renato Junior), Caio César (Iury) e Diego Jardel (Lucas Fernandes); Rômulo e William. Técnico: Raul Cabral 

Figueirense (0)

Gatito; Leandro Silva, Marquinhos, Bruno Alves e Rodrigo Biro; Dener, Jefferson (Gustavo Ermel) e Ricardinho; Éverton Santos (Gabriel Esteves), Dudu e Elias (Guilherme Queiroz). Técnico: Vinícius Eutrópio 

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Data: 25/2/2016. Horário: 21h30. Gols: William (A), aos 33 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos: Gabriel (A), Guilherme Queiroz (F) Arbitragem: Ronan Marques da Rosa, auxiliado por Rosnei Hoffmann Scherer e Thiago Americano Labes. Público: 8.668. Renda: 159.626

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Avaí

Loading...