Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


AVAÍ 0 X 0 CSA: comentário, nota dos jogadores e avaliação do treinador Geninho

O Avaí volta a tropeçar na Ressacada. Um time bagunçado em campo e o zero a zero no placar

Restando um minuto para terminar o jogo dessa sexta (27) na Ressacada, o Avaí vai para o ataque em busca do empate. No lance, a bola sobre para o Judson tentar o chute. Ele espera chegar o marcador e de forma atrapalhada, erra o chute e acerta o zagueiro do CSA. Recebe o segundo amarelo e sai de campo expulso. Essa imagem foi exatamente o que foi o Avaí em campo: uma bagunça. O time não teve bola trabalhada e insistiu em cruzamentos nulos para dentro da área. Nos escanteios, a bola nem chega na cabeça do trio de zagueiros altos. Sem criatividade para furar a defesa do time alagoano, o Avaí perde mais dois pontos importantes atuando na Ressacada diante do seu torcedor. No apito final do árbitro, com o zero a zero no placar, algumas vaias e sentimento de decepção por mais um jogo sem vitória no sul da ilha.

ARANHA – Por pouco não deixou escapar uma bola para o atacante do CSA. Sorte que o lance tinha sido parado pelo árbitro. NOTA 5

GUGA –  É o jogador que mais recebe bola. Até porque criatividade não é o forte do meio de campo do Avaí. Como em outros jogos, no segundo tempo aparece menos na partida. NOTA 7

AIRTON – Não jogou bem. No fim da partida desperdiçou um ataque ao tentar chutar de fora da área. NOTA 6

MARQUINHOS SILVA – Vai sofrer nos escanteios esperando uma bola para tentar o cabeceio. NOTE 6

BETÃO – Cada vez mais usa a experiência para desarmar os rápidos zagueiros adversários. Líde em campo. NOTA 7

CAPA – Conseguiu errar lateral. NOTA 5

JUDSON – Não fez uma boa partida. Chegou em vários momentos atrasado no bote. Acabou expulso.  NOTA 5

ANDRÉ MORITZ – Briga para ser titular, mas quando a chance aparece, não aproveita. Recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca o Avaí diante da Ponte Preta.  NOTA 4

(GETÚLIO) –  Nota 3 por ter colocado a camisa e ter assinado a súmula. NOTA 3

RENATO –  Não é o mesmo Renato do início do campeonato. Desanimado. NOTA 5

(MARQUINHOS SANTOS) – Entrou para uma bola parada. Mas nada aconteceu. NOTA 5

RÔMULO – Na primeira etapa deu uma assistência. No segundo tempo parou nos marcadores. NOTA 6

RODRIGÃO – Perdeu um gol cara a cara com o goleiro adversário no início da partida. Visivelmente fora de forma. NOTA 5

(BELTRÁN) – Teve uma boa chance de gol.  NOTA 5

GENINHO – Surpreendeu na escalação incial deixando o “protegido” Pedro Castro no banco de reservas. Mas precisa explicar porque ninguém acerta um escanteio para dentro da área e todas as jogadas são para os laterais centrarem. Poderia aproveitar os “treinos secretos” para qualificar o meio de campo para que tenha mais recursos de criação. Para fechar, dá um tempo para o Getúlio. O Avaí está bagunçado. É preciso corrigir essa postura. 

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

+ Fábio Machado