Cinco clubes brigam pelas últimas vagas para semifinal do Catarinense

Chapecoense, Joinville, Metropolitano, Avaí e Criciúma estão vivos na disputa

Fernando Mendes/ND

Avaí ainda tem chance de classificação

Dois jogos, cinco times e três vagas. A duas rodadas do fim do returno, Joinville, Criciúma, Chapecoense, Avaí e Metropolitano fazem os cálculos para estar nas semifinais do Catarinense.

O Figueirense, campeão do primeiro turno, já está lá. O time do técnico Branco precisa de mais três pontos para garantir a primeira posição da classificação geral e o direito de disputar em casa os jogos de volta da fase final. Tem pela frente o já rebaixado Brusque, fora, e o Camboriú (8º), no
Orlando Scarpelli.

Quem também está perto da vaga é a Chapecoense, que superou no Metropolitano por 2 a 0, em Blumenau. “Foi o grande resultado da rodada, por serem concorrentes diretos à vaga. Ali a Chapecoense deu um grande passo para ir às semifinais”, analisou Rui Guimarães, comentarista da RIC TV.

Se vencer o Atlético de Ibirama no próximo domingo, na Arena Condá, o time do técnico Itamar Schülle assegura seu lugar na próxima fase por índice técnico. A motivação do adversário é pela vaga na Série D. Na última rodada, recebe o Criciúma, que está na briga pelo título do returno.

Segundo colocado com 15 pontos, o Tigre segue na cola do líder Joinville, que tem 16. Além da Chapecoense, o Criciúma encara o Metropolitano.

Se na última rodada o compromisso é contra o fraco Brusque, a equipe do técnico Argel Fucks encara antes o Avaí, em Florianópolis. Será o jogo do campeonato. Quem perder está fora”, adiantou Guimarães.

O Avaí segue vivo na disputa. Com 26 pontos na classificação geral, o Leão está a um ponto do Criciúma, quarto colocado, e dois do Joinville, terceiro. Além do JEC, o Avaí enfrenta o Metropolitano, que briga por uma vaga no índice técnico.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Avaí