Delegação do Avaí é recebida com ‘show de luzes’ na chegada à Ressacada

Torcida preparou grande festa com sinalizadores e bandeirões na chegada da delegação para a partida contra o Cruzeiro

Festa, sinalizadores, fumaça, bandeirões e aglomeração marcaram a chegada da delegação do Avaí no estádio da Ressacada. A equipe catarinense enfrenta o Cruzeiro às 21h30, em duelo válido pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Torcedores recebem a delegação do Avaí na Ressacada – Foto: Ian Sell/NDTorcedores recebem a delegação do Avaí na Ressacada – Foto: Ian Sell/ND

O clube chegou ao estádio por volta das 19h45. Aos gritos de “vamos subir, Leão”, os torcedores conduziram o ônibus até a entrada principal.

A expectativa é grande, já que, caso o Avaí vença a partida, assume a terceira posição da Segundona e dá um passo importante rumo ao acesso.

Veja mais imagens da chegada da delegação:

Torcedor, com sinalizador, bate no peito e vibra pelo clube – Foto: Ian Sell/NDTorcedor, com sinalizador, bate no peito e vibra pelo clube – Foto: Ian Sell/ND
Torcedor do Avaí na chegada do clube a Ressacada – Foto: Ian Sell/NDTorcedor do Avaí na chegada do clube a Ressacada – Foto: Ian Sell/ND
Torcida recebe o ônibus com “show de luzes” no estádio – Foto: Ian Sell/NDTorcida recebe o ônibus com “show de luzes” no estádio – Foto: Ian Sell/ND

Delegação do Avaí é recebida com “show de luzes” no estádio da Ressacada – Vídeo: Ian Sell/ND

Delegação do Avaí é recebida com “show de luzes” no estádio da Ressacada – Vídeo: Ian Sell/ND

Longas filas para o teste antígeno

Para torcedores que ainda não tomaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19 era necessário a realização do teste antígeno. A testagem é realizada no estacionamento ao lado do setor A da Ressacada.

Longas filas se formaram e causaram algumas reclamações dos torcedores presentes. “O teste é barato e facilita muito, mas acho que poderia estar melhor organizado, estou a uma hora esperando”, conta o torcedor Kaio Moratelli, de 15 anos.

Kaio precisou esperar mais de uma hora na fila para realizar o teste antígeno – Foto: Ian Sell/NDKaio precisou esperar mais de uma hora na fila para realizar o teste antígeno – Foto: Ian Sell/ND

Ele veio com o pai, Gilberto, pela primeira vez no estádio desde a liberação do público para a competição.

“Demora faz parte”

O casal João Cabral Ramos e Mariana Hilbert também ficou durante longo tempo na fila para realização do teste. Porém, segundo eles, a espera é normal diante da expectativa do jogo.

Casal João Ramos e Mariana Hilbert na fila para realização do teste antígeno – Foto: Ian Sell/NDCasal João Ramos e Mariana Hilbert na fila para realização do teste antígeno – Foto: Ian Sell/ND

“A demora incomoda, mas faz parte, são muitas pessoas. Foi muito bom o Avaí conseguir esse desconto para a realização do teste. Esperamos conseguir entrar no estádio antes do jogo começar”, disse João.

Sobre palpite para a partida, 1 a 0 com gol do atacante Copete. “Sempre ele decide”, afirmou o casal.

Torcida em família

O sócio-torcedor Felipe Avila Vieira trouxe o irmão mais novo, Samuel Vieira, de 12 anos, ao estádio pela primeira vez após a liberação do público. Ambos aguardaram pouco mais de uma hora na fila para realizar o teste antígeno.

Os irmãos Felipe e Samuel vieram à Ressacada para torcer pelo Avaí – Foto: Ian Sell/NDOs irmãos Felipe e Samuel vieram à Ressacada para torcer pelo Avaí – Foto: Ian Sell/ND

“Muito importante esse movimento do Avaí para a realização do teste. Tempo de espera é grande, o jeito é ter paciência”, afirmou Felipe. “Hoje é 2 a 0 Avaí com gols de Edilson e Getúlio”, completou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Avaí

Loading...