Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Dessa vez, o professor Geninho viu um jogo diferente na entrevista depois do jogo

Jogar bem é um coisa, ir para o ataque no desespero após tomar o gol, é outra coisa bem diferente

Jogadores da Chapecoense comemoram o gol marcado por Perotti – Foto: Márcio Cunha/ACF

Apesar de gostar muito das entrevistas coletivas do treinador Geninho após os jogos, não posso concordar com a sua análise da derrota do Avaí para a Chapecoense no jogo do último domingo. Afirmar que o time azurra fez um bom jogo, não condiz com a realidade. Ter alguns raros bons momentos na partida, principalmente depois que tomou o gol, portanto, no desespero, é muito diferente de ter feito uma boa apresentação