Figueira mete 4 a 0 no Avaí, se mantém vivo na Série B e deixa rival fora do G4

Comemoração do quarto gol reuniu Éverton Santos e os três que balançaram a rede neste domingo: Rafael Costa, Maylson e Thiego

Um clássico para ficar na história. O jogo entre Avaí e Figueirense pelo returno da Série B 2013 foi marcado pela superioridade alvinegra do início ao fim da partida. Em plena Ressacada, o Figueira não deu chance para o rival e aplicou uma goleada de 4 a 0. Thiego, Rafael Costa e Maylson marcaram para o Furacão do Estreito e sacramentaram a vitória ainda na etapa inicial. O alvinegro praticamente acertou todas as chances que teve de marcar, deixou o time adversário zonzo dentro de campo e fez a festa no sul da Ilha. Com o resultado, além de encher o time de autoconfiança e dar alegria à torcida, os atletas mantiveram o Figueira vivo na Série B. O time está com 49 pontos, a quatro do grupo de acesso. De quebra, deixaram o rival fora do G4.

:: Os principais lances do clássico 404 no tempo real do ND Esportes Lance!Net

:: Cenas de violência no clássico entre Avaí e Figueirense na Ressacada

:: Eutrópio explica escalação de três atacantes no Figueira: “Coloquei os melhores para jogar juntos”

:: “Hoje fomos o Furacão”, diz goleiro Tiago Volpi após goleada do Figueirense no clássico

:: “É dolorido”, resumiu Marquinhos sobre a derrota do Avaí

Flávio Tin/ND

Flávio Tin/ND

Éverton Santos, Rafael Costa, Maylson e Thiego comemoram o quarto gol

PRIMEIRO TEMPO FOI DE UM TIME SÓ

O clima quente comum aos clássicos começou cedo entre as duas torcidas. Antes da partida, dois grupos trocaram ofensas e resolveram se agredir. A polícia militar agiu rapidamente e separou os baderneiros. Com a bola rolando, aos 10 minutos, outra confusão. Alguns torcedores do Figueira jogaram objetos em Marquinhos, quando ia cobrar um escanteio. Novamente, a polícia chegou junto e retirou algumas pessoas da arquibancada.

Em campo, o Avaí tomou a iniciativa. Precisando vencer para voltar ao G4, o Leão da Ilha tentou morder logo no começo. Aos 4 minutos Marquinhos assustou o rival. O camisa 10 bateu falta com força e obrigou Tiago Volpi a fazer bonita defesa. O arqueiro alvinegro tocou para escanteio.

O Figueira começou recuado, mas não perdoou quando se mandou ao ataque. A primeira chance veio em cabeçada de Thiego. Após cruzamento, o zagueiro subiu alto e obrigou Diego a dar um tapa e colocar a bola para fora. Na sequência, na cobrança do escanteio, o zagueiro não perdoou. Thiego subiu livre, cabeceou meio desequilibrado e meteu no canto direito sem chance para Diego. Aos 16 minutos, a bola entrou e estufou a rede para delírio da torcida do Figueira.

Pouco depois, o gol que deixaria os torcedores alvinegros em êxtase. Aos 22 minutos, Anderson Uchôa perdeu a bola no meio de campo e o atacante Rafael Costa recebeu livre. O camisa 9 disparou em direção ao gol, driblou os adversários e chutou firme de canhota. De novo, Diego não teve chance e foi buscar a bola no fundo da rede.

Com o placar adverso, os jogadores do Avaí perderam a cabeça. Alex Lima pisou em Rafael Costa, tomou cartão vermelho em lance bobo e complicou de vez a vida do Leão da Ilha. O gol que decretou a vitória do Figueira saiu aos 31 minutos do primeiro tempo. Everton Santos escapou pela direita e a marcação do Avaí só ficou assistindo. Everton lançou bonito para Maylson, que dominou e tocou na saída de Diego.

O quarto gol veio nos descontos. Aos 47 minutos, o Figueira cobrou falta na segunda trave. De novo, a zaga do Avaí preferiu ficar só olhando e assistiu a Maylson subir sozinho, cabecear e marcar mais um. Enquanto os alvinegros comemoravam e nem acreditavam no desempenho do time, a torcida avaiana vaiava a própria equipe gritando “vergonha, vergonha”. Em plena Ressacada, o Figueira metia quatro a zero no maior rival.


LEÃO TENTA REAGIR, MAS NÃO REVERTEU RESULTADO

O início do segundo tempo ainda deu esperança para o Avaí. Aos cinco minutos, Rivaldo fez pênalti em cima de Betinho. Cleber Santana foi para cobrança. Caminhando para a bola e demonstrando total displicência, o meia bateu fraco e praticamente recuou para Tiago Volpi. A esperança se converteu em desespero nas arquibancadas da Ressacada.

Depois, o Leão seguiu buscando o primeiro gol. Aos 11, Betinho recebeu bom passe de Marquinhos pela direita. Atacante cortou para dentro e bateu de direita e quase marcou para o Leão. No desespero e com um a menos em campo, Hemerson Maria arriscou. Tirou o volante Anderson Uchôa para a entrada do atacante Beto.

Aos 20 minutos, Beto desperdiçou uma boa chance de marcar. O atacante recebeu cruzamento livre e cabeceou cara a cara, mas Tiago se esticou e tocou para escanteio. Tauã, que entrou no lugar de Betinho (lesionado) também tentou. O atacante foi pela direita, cortou na linha de fundo e bateu contra a meta adversária, mas bola foi direto para fora.

O Figueirense ainda quase marcou o quinto. Rafael Costa aproveitou outro vacilo da zaga e quase conseguiu encobrir o goleiro do Avaí. Dois minutos depois, Bruno Maia volta a errar e Rafael Costa fica cara a cara com o gol. Diego se atencipou, abafou e evitou mais um gol alvinegro.

O próximo compromisso do Avaí é na sexta (8), contra o ASA. Já o Figueira volta a campo no sábado (9), diante do Guaratinguetá.

AVAÍ (0)
Diego; Ricardinho, Alex Lima, Bruno Maia e Aélson; Eduardo Costa, Anderson Uchoa (Beto), Cleber Santana e Marquinhos; Betinho (Tauã) e Márcio Diogo (Luciano). Técnico: Hemerson Maria.

FIGUEIRENSE (4)
Tiago Volpi; André Rocha, Douglas Marques, Thiego e Wellington Saci; Rivaldo, Paulo Roberto (Nem) e Maylson; Rafael Costa, Éverton Santos (Tchô) e Pablo (Arthur). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Gols: Thiego, aos 16, Rafael Costa, aos 22, e Maylson, aos 31 e 47 do primeiro tempo. Cartões amarelos: Betinho, Bruno Maia, Diego (A); André Rocha, Pablo, Rivaldo, Paulo Roberto, Douglas Marques (F). Cartão vermelho: Alex Lima (A). Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Arbitragem: Elmo Alves Resende da Cunha (GO), auxiliado por Carlos Berkenbrock (SC) e Fernanda Colombo Uliana (SC). Público: 16.039. Renda: R$ 331.835.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Avaí