Figueirense e Avaí são favoritos, mas é bom tomar cuidado com Joinville e Chapecoense

Semifinais do Catarinense acontecem neste domingo

Édio Melo/Divulgação/ND

Túnel do tempo
Estádio da Ressacada lotado em 1988, ano em que o Leão da Ilha conquistou mais um Campeonato Catarinense.

Não tem jeito
Tenho recebido alguns e-mails de torcedores contestando o aluguel da Ressacada para o show de Paul McCartney, apenas porque estão preocupados com o estado em que vai ficar o gramado. Pela grana recebida e pela exposição na mídia mundial, tudo vale.

Era assim
Nos bons tempos do bingo do Figueirense no Scarpelli, na década de 90, eu era o locutor oficial para interagir com o público e para informar resultados de jogos pelo futebol brasileiro nos intervalos das promoções. O gramado era muito maltratado, mas a grana era boa. Certa vez colocamos quase 60 mil pessoas em apenas um grande bingo de prêmios.

Falou bem
Roni concedeu entrevista nesta semana e destacou que o Figueirense precisa jogar com calma, ter tranquilidade quando estiver com posse de bola e procurar errar o menos possível. Na verdade, quem tem que sair para o jogo é o Joinville e pode ser surpreendido.

Perfil 1
Do confronto entre JEC e Figueirense, por uma série de fatores já muito discutido aqui, entendo que o Figueirense é o favorito para passar de fase e estar na grande decisão, mas todo cuidado será pouco. O JEC está desfalcado, mas ainda assim é perigoso.

Perfil 2
Sobre Avaí e Chapecoense, eu entendo que o Leão da Ilha vive um belo momento, mas o ideal seria não desconsiderar o jogo da volta em Chapecó, onde o Verdão é muito forte. O time avaiano é superior e o ambiente melhorou com Hemerson Maria.

Metade da força
Sem Aloisio e Julio Cesar, o Figueirense perde o poderio ofensivo, que terá Fernandes e Franco Niell como novas opções. Como o Alvinegro provou que possui um elenco e não apenas um bom time, chegou a hora da superação total e das surpresas.

Melhor com eles
Bruno e Nunes estão liberados e o Leão ganha com isso, pois Bruno comanda a saída de bola com esperteza e Nunes está bem encaixado com o ligeiro e atento Felipe Alves. Não mexer em uma base que ganha entrosamento já é uma grande vitória. Toda a emoção desta semifinal no Clube da Bola, deste sábado, pela RICTV, a partir das 13h.

Atenção
Sobre o Joinville, ressalto o trabalho do Argel Fucks e alguns jogadores, como o zagueiro Pedro Paulo e o seu potente chute, o Badé, que é abusado, o Ramon, pela experiência e habilidade e os jovens Rangel e Alex. Mas o forte do JEC é a parte coletiva.

Quem é o melhor setor?
Qualquer um sabe que o meio-campo é o pulmão ou o coração de um time de futebol, principalmente se os jogadores estão bem entrosados. O Figueirense conta com Ygor, Túlio, Botti e Roni, enquanto o Avaí joga com Bruno, Pirão, Cleber Santana e o Robinho. É que estou sonhando alto e já pensando na final entre os dois times.

Bola Cheia
Para a turma que frequenta o Bar do Chapecó, reduto de avaianos, localizado atrás da Ressacada e de grande tradição na cidade. Pergunto: Para qual time o folclórico Chapecó irá torcer? Como ele é liso, deve dizer que para os dois.

Bola Murcha
A CBF confirma que nas séries A e B teremos o acréscimo de dois árbitros que atuarão atrás dos gols, servindo como “auxiliares” ao árbitro principal. A conta recai para os clubes e isso vai gerar ainda muita confusão com os atletas.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Avaí