Pressionado antes mesmo de a bola rolar em 2016, Avaí estreia na Primeira Liga contra o Grêmio

Torcida do Leão protestou na Ressacada na véspera da partida e pediu a saída de presidente e vice

O Avaí já inicia a temporada 2016 pressionado. Na quarta-feira (27), véspera da partida de estreia na Primeira Liga, contra o Grêmio, nove integrantes da principal torcida organizada do Leão protestaram na Ressacada e pediram as saídas do presidente Nilton Macedo Machado e do vice, José Francisco Battistotti.

André Palma Ribeiro/Avaí/Divulgação

Recuperado de lesão, goleiro Renan deve ser a novidade no Avaí contra o Grêmio

Com narizes de palhaço e com uma faixa pedindo a renúncia da dupla, os torcedores entraram no auditório da Ressacada e cobraram explicações de Machado, que rechaçou deixar o comando do clube. Apesar dos problemas financeiros, o mandatário avaiano garantiu quitar boa parte dos salários atrasados dos funcionários, que estão há três meses sem receber e há dois de braços cruzados, ainda na quarta.O dirigente também prometeu quitar parte dos vencimentos em atraso de atletas remanescentes do elenco do ano passado, com o repasse das cotas de TV do Campeonato Catarinense, até sexta-feira.

E é nesse contexto que o Avaí enfrenta o Grêmio, hoje, às 21h45, na Arena Condá, em Chapecó, pela Primeira Liga, apesar de a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não reconhecer o torneio. Como o gramado da Ressacada passa por reforma e ainda não está pronto, a partida chegou a ser cogitada para ser levada para a Arena Pantanal, em Cuiabá, mas as partes não chegaram a um acordo. A renda líquida do jogo será dividida entre os dois clubes.

Com goleiro Renan recuperado, Avaí quer começar bem 2016

Alheio aos problemas extracampo, o técnico Raul Cabral tenta começar a temporada com o pé direito. Depois dos 11 dias de pré-temporada em Gramado, na Serra Gaúcha, e dos jogos-treino contra Gramadense (vitória por 5 a 0), Juventude (derrota por 4 a 2) e Inter de Lages (empate por 1 a 1), o treinador avaiano sabe a importância de iniciar a caminhada com um triunfo diante do Grêmio.

O time será praticamente o mesmo que começou o jogo-treino contra o Leão Baio. A única mudança confirmada é a entrada do goleiro Renan, recuperado da lesão na coxa, na vaga de Vitor. Outra possibilidade de alteração é a saída de Judson, que sentiu um incômodo no púbis. Nesse caso, João Filipe faria o papel de segundo volante e Lucas Fernandes atuaria mais aberto.

“A gente vai partir do zero, tivemos os jogos-treinos, mas sabemos que não é a mesma coisa, quando não vale os três pontos. A gente ainda vai ter um tempo de adaptação quanto ao modelo e conceito de jogo que a gente está procurando aplicar”, ponderou Cabral.

O treinador que teve uma passagem pela base do Grêmio em 2014, ressaltou as qualidades do adversário, que deve utilizar um time misto contra o Avaí. “É uma equipe que mescla de experiência com juventude, tem alguns atletas que trabalharam comigo na base. Mas tem atletas experientes, como Bobô, Edinho, Bressan, Thyere, o Marcelo Grohe deve jogar. São vários atletas com condições de serem titulares. Entre os meninos, tem o Marcelo Hermes, o Pedro Rocha, que jogaram no ano passado e tem boa rodagem. É um grupo forte, mas é bom para vermos em que pé estamos”, avaliou.

Grêmio deve utilizar time misto em Chapecó

Mais preocupado com a estreia na Taça Libertadores da América, no dia 17 de fevereiro, contra o Toluca, no México, e com o Gauchão, no domingo, contra o Brasil de Pelotas, o Grêmio deve utilizar um time misto contra o Avaí na Primeira Liga.

O meia Giuliano sentiu o pé esquerdo durante o amistoso com o Danúbio, no sábado, e está fora da partida com o Leão. O time do técnico Roger Carvalho empatou em 1 a 1 com a equipe uruguaia. Everton marcou o gol tricolor e o recém-contratado Kadu fez contra. Os reservas do Tricolor, que são quem devem enfrentar o Avaí, disputaram apenas um jogo-treino contra o Novo Hamburgo no mesmo dia e não passaram de um empate em gols. 

Ficha técnica

Local: Arena Condá, em Chapecó. Data: 28/01/2016. Horário: 21h45. Arbitragem: Erick Giovanni Fernandes (MG), auxiliado por Marcyano Pires de Lima (MG)
e Leandro Salvador Silva (MG).

Avaí

Renan; Renato, André, Gabriel e Vitor Costa; Judson (Lucas Fernandes), João Filipe, Caio César e Diego Jardel; Romulo e Willian. Técnico: Raul Cabral.

Grêmio

Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Bressan, Fred e Marcelo Hermes; Edinho, Moisés, Ramiro, Lincoln e Pedro Rocha; Bobô. Técnico: Roger Carvalho.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Avaí

Loading...