Sem jogo em Chapecó, Avaí ganha tempo para o clássico contra o Figueirense

Com partida entre Chapecoense e Avaí adiada devido a situação da Covid-19 na região Oeste, Leão da Ilha ganhou tempo para treinar e descansar para o clássico, marcado para quarta-feira

Depois de ver a FCF (Federação Catarinense de Futebol) adiar a partida diante da Chapecoense, em Chapecó, em função do caos sanitário instaurado (também) na região Oeste de Santa Catarina, o Avaí “ganhou” um final de semana de preparação para o clássico contra o Figueirense.

Centroavante Jonathan treina finalização: Avaí ganhou mais tempo para o clássico contra o Figueirense – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FCCentroavante Jonathan treina finalização: Avaí ganhou mais tempo para o clássico contra o Figueirense – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC

São incontáveis os clichês que ilustram um clássico no futebol. Com Avaí e Figueirense, que compõem a maior rivalidade de Santa Catarina, não é diferente.

Com o adiamento da partida contra a Chapeceonse, anteriormente marcado para o domingo – junto com o restante da 2ª rodada do Catarinense – o Leão da Ilha vai aproveitar para trabalhar seu grupo de jogadores para o desafio seguinte.

O adversário, nada mais nada menos que o Figueirense, já na quarta-feira (3), no estádio da Ressacada, a partir das 20h30.

O grupo de jogadores, inclusive, realizou uma atividade ao longo da sexta-feira (26), no Sul da Ilha. Os trabalhos devem se repetir ao longo do final de semana.

O volante Bruno Silva, em entrevista concedida no auditório da Ressacada, falou sobre o adiamento do confronto com a Chapecoense, no domingo, no qual classificou como “correto”.

“Temos que pensar nas vidas antes. Acho que foi a decisão mais correta a ser tomada”, disse o volante que foi titular na estreia, vitória por 2 a 0 sobre o Juventus, em Florianópolis.

Bruno Silva, que chegou a ser afastado do elenco ainda sob os cuidados do técnico Geninho, na Série B 2020, “renasceu” com Claudinei Oliveira que, ao chegar, pediu sua reintegração. O jogador também falou sobre a possibilidade de ser titular, mais uma vez.

Bruno Silva, volante do Avaí; atleta ganhou mais uma chance, no clube, com a chegada de Claudinei Oliveira – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC/divulgaçãoBruno Silva, volante do Avaí; atleta ganhou mais uma chance, no clube, com a chegada de Claudinei Oliveira – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC/divulgação

“Estou aqui e estou para ajudar. Conversei com o Claudinei Oliveira e disse que estou aqui disponível para ajudar do jeito que for. Se ele precisar de mim jogando ou mesmo no banco estarei sempre com respeito as decisões e todos os colegas”, afirmou.

A Chapecoense, o outro time “beneficiado” com o adiamento do confronto, volta a competição também na próxima quarta-feira, em duelo contra o Criciúma, no Sul do Estado.

Figueirense tem compromisso

Se o Avaí terá uns dias a mais para se preparar, o Figueirense, que só empatou na estreia com o Metropolitano, tem compromisso no domingo, a partir das 18h, quando estreia dentro de casa.

Recebe o Concórdia, no estádio Orlando Scarperlli. O Galo do Oeste, por sinal, estreou com derrota, dentro de casa, para a Chapecoense: 2 a 0.

Neste sábado (27) o técnico Jorginho comanda o último treino antes de definir a equipe que vai para campo no dia seguinte.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Avaí