Torcedor fanático do Avaí tem casamento marcado para dia do jogo do acesso

Jean Tavares marcou o casório ainda em 2019, porém, com a pandemia, a cerimônia foi sendo adiada e caiu justamente no próximo domingo (28)

As coincidências da vida acabam gerando situações, no mínimo, inusitadas algumas vezes. Foi o caso do empresário de Florianópolis, Jean Tavares, de 34 anos, torcedor fanático do Avaí. Ele tem casamento marcado para domingo (28), justamente no dia que o Leão da Ilha joga por uma vaga na primeira divisão.

Jean e Isabel tem casamento marcado para este domingo – Foto: Daniel RodrigoJean e Isabel tem casamento marcado para este domingo – Foto: Daniel Rodrigo

Ele e a noiva Isabel Cristina Buss Balk tomaram a decisão de se casar em 2019. Eles então resolveram as burocracias, assinaram contrato e marcaram a data: 18 de julho de 2020.

No entanto, a pandemia do coronavírus acabou mudando os planos do casal. “Quando começou a pandemia um primo meu me perguntou se eu estava preocupado caso o casamento fosse adiado”, conta Jean. “Na época eu falei: ‘imagina, isso daqui a pouco já acaba'”, completa.

Porém, como a situação não melhorou, o casal foi obrigado a escolher uma nova data para o casório: 21 de agosto de 2021. “Pensei que um ano depois já estaria tudo bem. Mas ai chegou em maio desse ano e bateu o desespero porque vimos que não tinha como fazer por causa da pandemia”, relata o empresário.

“O local onde vai ser a festa não tinha mais datas disponíveis porque várias pessoas tiveram que remarcar. Disseram que só poderia ser em 2023”, explica.

Nova data e jogo

Eles então chegaram a pensar em outras possibilidades, como alterar o local ou cancelar e esperar a pandemia passar.

“Acabou que, quando a gente menos esperava, entraram em contato conosco e avisaram que tinha vagado uma data: 28 de novembro de 2021. Concordamos”, conta Jean.

Jean e Isabel durante jogo do Avaí na Ressacada – Foto: Arquivo PessoalJean e Isabel durante jogo do Avaí na Ressacada – Foto: Arquivo Pessoal

Quando a data foi marcada, ele lembra que não relacionou uma coisa a outra (jogo e casamento), até porque as duas rodadas finais da Série B tiveram as datas reveladas apenas nas últimas semanas.

“Depois de fecharmos eu cheguei a comentar com a minha esposa: ‘amor, fim de novembro geralmente tem as rodadas finais da Série B, é capaz de ter um jogo do Avaí perto dessa data'”, afirma.

“Na semana retrasada marcaram o jogo para domingo, o time vai chegar para disputar o acesso bem no dia do casamento. Partida mais importante do ano no dia do casamento”, diz o empresário.

A maior preocupação do casal é que a grande maioria dos convidados torce para o Avaí. “De vez em quando um convidado brinca e me manda uma foto na Ressacada dizendo que vai ter um imprevisto. É capaz que alguns fiquem no radinho acompanhando a partida [risos]”, afirma Jean.

A cerimônia tem início às 15h. A partida começa às 16h. “Bom, pelo menos a única certeza é que todos vão estar felizes. Se ganhar, a gente comemora a festa e o acesso. Se perder, a gente já vai estar fazendo festa de qualquer forma”, brinca.

Relação com o Avaí

Jean foi pela primeira vez na Ressacada em 1998 com o pai. Ele tinha 10 anos na época. “Fiquei atrás do gol do lado esquerdo das cabines de TV. Meu pai me incentivou, deu camisa, boné”, relembra.

A história mais inusitada torcendo pelo clube aconteceu no acesso de 2008. “Estava na faculdade, saímos da UFSC às 16h, mas acabamos chegando em cima da hora do jogo, tinha muita fila, um clima muito legal na cidade, era o Avaí na Série A depois de muito tempo”, conta.

Jean no jogo do acesso do Avaí em 2008 – Foto: Arquivo PessoalJean no jogo do acesso do Avaí em 2008 – Foto: Arquivo Pessoal

“Fomos no jogo, Avaí venceu, a gente chorou e comemorou junto. Só que aconteceu que durante a comemoração eu perdi a chave do carro [risos]. Acabou que rodei o estádio todo e não achei. Tive que voltar em casa, pegar uma chave reserva, voltar pro estádio e aí sim conseguir ir para a festa na Beira-Mar”, relembra o torcedor.

Apesar do susto, ele diz que em momento algum entrou em desespero. “Eu estava tão feliz que saí procurando a chave rindo”, afirma.

Decisão

Mesmo sem Jean, mais de 15 mil torcedores do Avaí devem lotar as arquibancadas do estádio da Ressacada neste domingo. Em quarto lugar na tabela da Segundona, uma vitória contra o Sampaio Corrêa coloca o Leão da Ilha na Série A em 2022.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Avaí

Loading...