Torcida do Avaí protesta na Ressacada e pede a renúncia da diretoria

Diretor de futebol Marcelo Gonçalves conversou com os torcedores e pediu um voto de confiança à nova gestão

A véspera da estreia do Avaí na temporada 2016, contra o Grêmio na Primeira Liga, foi marcada pelo protesto dos torcedores. Com narizes de palhaço, nove integrantes da maior torcida organizada do Leão pediam a saída do presidente Nilton Macedo Machado e do vice José Francisco Battistotti, nesta quarta-feira (27), na Ressacada.

Daniel Queiroz/ND

Torcedores foram até a Ressacada para protestar

O mandatário azurra rechaçou qualquer ideia de renúncia e diretor de futebol Marcelo Gonçalves tomou as rédeas da situação e conversou com os torcedores. O dirigente, que recém chegou ao clube, pediu compreensão e um voto de confiança para a nova gestão do futebol. Gonçalves também prometeu fazer uma reunião por mês com a torcida e pediu apoio incondicional ao time.

Após a conversa, os torcedores foram convidados a entrar na coletiva de imprensa do mandatário avaiano, que falou sobre a precária situação financeira do clube. O Avaí deve salários a funcionários e a alguns jogadores remanescentes da temporada passada há três meses. 

Daniel Queiroz/ND

Presidente do Avaí rechaçou renunciar e garantiu pagar parte dos salários 

O presidente avaiano garantiu que pagará boa parte dos dividendos dos funcionários, que estão parados há dois dias, ainda hoje. E, na sexta-feira, com a entrada de um percentual da cota da TV para o Campeonato Catarinense, deve começar a quitar os vencimentos em atraso dos atletas. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Avaí

Loading...