Brusque vence de virada, salta na tabela e se afasta do Z4 da Série B

Clube aplicou o placar de 3 a 1 sobre os paraenses do Remo, que saíram na frente, mas sofreram a virada na segunda etapa

Na tarde desta sexta-feira (15), o Brusque venceu o Remo, em casa, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque, no Vale do Itajaí. Em partida válida pela 30ª rodada do Brasileirão Série B, o clube aplicou o placar de 3 a 1 sobre os paraenses, que saíram na frente, mas sofreram a virada na segunda etapa.

Chuva forte e gramado molhado marcaram a partida desta sexta – Foto: Lucas Gabriel/Brusque FC/Divulgação/NDChuva forte e gramado molhado marcaram a partida desta sexta – Foto: Lucas Gabriel/Brusque FC/Divulgação/ND

Com a vitória, o time do Vale do Itajaí saltou para a 14ª posição, com 35 pontos conquistados. Enquanto isso, o Remo segue na 12ª colocação, com os mesmos 38 pontos.

O jogo

Precisando vencer para afastar de vez o fantasma do Z4, o Brusque tomou o gol do adversário logo aos 13 minutos do primeiro tempo. O gramado molhado e a forte chuva foram cenário para duas etapas distintas para o Brusque. No segundo tempo, assim como no primeiro, o time ameaçava a meta paraense, mas o gol de empate demorou a sair.

Reservado para o segundo tempo, aos nove minutos, Jhon Cley sofreu falta pela direita. Airton cobrou fechado e Luizão cabeceou pro fundo das redes. O empate parcial garantia um ponto para cada equipe.

Para desempatar o marcador, três minutos depois, o gol da virada veio. Jhon Cley, pela direita, cruzou e Garcez cabeceou para Thiago Alagoano que, dá marca do pênalti, mandou pro fundo das redes. Gol do maior artilheiro da história do Brusque.

Nos acréscimos, aos 49 minutos, Bruno Alves colocou a bola na cabeça de Edu, que ampliou a vantagem, fazendo 3 a 1, de virada. No último minuto do jogo, o goleiro Ruan Carneiro fez pênalti, mas, no lance, tomou uma pancada na cabeça e deixou a partida. Edu foi para o gol e pegou o pênalti. Na sobra, Rafael descontou, mas o árbitro marcou impedimento do jogador.

Trauma cranioencefálico

Sobre o estado de saúde de Ruan Carneiro, a assessoria do clube informou que as informações repassadas pelo departamento médico dão conta de que o goleiro teve um trauma cranioencefálico no último lance do jogo. Ele perdeu a consciência por alguns segundos e foi levado ao pronto-socorro para realizar exames.

Os próximos duelos agendados para as equipes devem acontecer na próxima semana, pela 31ª rodada do campeonato. Na quarta (20), o Brusque vai até o Rio de Janeiro para encarar o Botafogo, às 20h30, no Estádio Nilton Santos. Já o Remo, no domingo (24), joga contra a Ponte Preta, em Belém, no Estádio Baenão, às 16h.

FICHA TÉCNICA

Brusque 3 X 1 Remo

Brusque: Brusque: Ruan Carneiro; Toty, Luizão, Claudinho e Airton (Edilson); Rodolfo, Zé Mateus (Evandro) e Jhon Cley; Thiago Alagoano (Hugo), Edu e Garcez (Bruno Alves).

Técnico: Waguinho Dias.

Remo: Thiago Coelho; Thiago Ennes, Kevem, Marlon (Rafael) e Raimar; Pingo (Anderson Uchoa), Arthur e Marcos Júnior (Jefferson); Lucas Tocantins, Felipe Gedoz e Victor Andrade (Neto).

Técnico: Felipe Conceição.

Gols: Brusque: Luizão (9/2°T), Thiago Alagoano (12/2°T) e Edu (49/2°T); Remo: Pingo (13/1°T).

Cartões: Zé Mateus, Nonato (suspenso), Edu e Sandro (Brusque); Marcos Júnior e Marlon (Remo).

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC);

Data/Horário: 15 de outubro de 2021 (sexta-feira), às 16h;

Arbitragem: Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS); auxiliares: Leirson Peng Martins (RS) e Maíra Mastella Moreira (RS); quarto árbitro: Luiz Augusto Silveira Tisne (SC); vídeo: Daniel Nobre Bins (RS).

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Brusque FC

Loading...