Chapecoense e Brusque prometem grandes emoções em final inédita

Primeiro jogo da grande final do Campeonato Catarinense está marcado para esta quarta-feira (9), às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó

Chapecoense e Brusque dão largada nesta quarta-feira (9) a disputa pelo título do Campeonato Catarinense 2020 em uma final inédita, já que as duas equipes vivem bons momentos no Campeonato Brasileiro.

O jogo de ida, que acontece às 21h30 na Arena Condá, em Chapecó, promete grandes emoções. Mais cedo, torcedores promoveram um bandeiraço drive thru próximo ao local da partida.

Expectativa para a chegada dos atletas antes da primeira partida da final do Catarinense 2020 – Willian Almeida/ND

Devido à pandemia da Covid-19, o duelo não terá a presença de público, de acordo com o protocolo definido pela FCF (Federação Catarinense de Futebol).  Desta forma, a Chapecoense antecipou um “Bandeiraço Drive-Thru” para esquentar o clima aos arredores do palco da partida. 

A Chapecoense vem de vitória no clássico contra o Avaí. Jogando na Arena Condá, os comandados de Umberto Louzer venceram o Leão da Ilha por 1 a 0. Com o resultado a equipe do Oeste assumiu a vice-liderança da Série B, com um jogo a menos. 

O Brusque, por sua vez, venceu o Boa Esporte fora de casa sem seis titulares, que foram poupados para a decisão do estadual. A equipe do Vale ainda teve que jogar  com um jogador a menos desde o primeiro tempo, Jéfferson Renan foi expulso. O quadricolor lidera o grupo B do Brasileirão Série C de forma isolada.

Importante lembrar… 

Pelo quinto ano consecutivo a Chapecoense chega a final do Campeonato Catarinense. Neste ano, no entanto, o torcedor do Verdão precisou sofrer um pouco durante a competição. A equipe do Oeste conseguiu a primeira vitória apenas na penúltima rodada da primeira fase.

Com uma campanha de 2 vitórias, 4 empates e 3 derrotas, a Chape se classificou para as quartas de final na oitava colocação. Já na fase mata mata, e após a parada em função da pandemia do cornavírus, a Chape superou Avaí e Criciúma, nas quartas de final e semifinal, respectivamente.

O Brusque, por outro lado, fez a segunda melhor campanha da primeira fase. Foram 5 vitórias, 2 empates e 2 derrotas. O quadricolor voltou a estar em grande final de campeonato estadual após 28 anos, vencendo Joinville, nas quartas de final, e Juventus, na semifinal da competição.

Destaques

A principal arma ofensiva da Chapecoense é o atacante Aylon. O atleta  de 28 anos é o artilheiro da equipe na temporada com cinco gols. Além disso, a defesa do Verdão também merece destaque. A equipe ainda não tomou gols na Arena Condá desde o início da Série B.

Por parte do Quadricolor do Vale, o grande destaque é o atacante Thiago Alagoano. O atleta de 31 anos tem dez gols na temporada, seis deles no estadual.

Retrospecto

As duas equipes se enfrentaram na primeira fase da competição e o time do Vale levou a melhor. Jogando na Arena Condá o Brusque venceu por 1 a 0, com gol de Thiago Alagoano.

Arbitragem

O árbitro do primeiro confronto da final será Diego da Costa Cidral. Ele esteve em 12 jogos da atual edição do Catarinense. Essa será a primeira decisão da carreira do joinvilense. Cidral será auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Gizeli Casaril.

FICHA TÉCNICA

Chapecoense: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joílson, Luiz Otávio e Alan Ruschel; William Oliveira, Anderson Leite, Denner (Ronei); Aylon, Paulinho Moccelin e Anselmo Ramon. Técnico: Umberto Louzer.

Brusque: Zé Carlos; Ianson, Everton Alemão, João Carlos e Edilson; Emerson Martins, Zé Mateus e Thiago Alagoano; Alex Sandro, Marco Antônio e Johnny. Técnico: Jerson Testoni.

Arbitragem: Diego da Costa Cidral, auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Gizeli Casaril.

Local: Arena Condá / Chapecó     Horário: 21h30     Data:09/09/2020

+

Chapecoense