Chapecoense se manifesta após morte de Maradona: “Estamos consternados”

Diego Armando Maradona Franco, morreu nesta quarta-feira (25), aos 60 anos

A Associação Chapecoense de Futebol usou das redes sociais para manifestar o seu pesar pela morte do maior ídolo do esporte argentino, Diego Armando Maradona Franco, aos 60 anos, nesta quarta-feira (25). 

“Independente de nacionalidade, camisa ou bandeira, todo o futebol perde quando um ídolo parte. Estamos consternados com a notícia do falecimento de Diego Armando Maradona”, afirmou o clube catarinense. 

A Chapecoense lembrou do apoio prestado por Maradona no acidente aéreo que matou a delegação do clube em 2016.   “No momento mais difícil da nossa história, Maradona afirmou: “Desde hoy, soy hincha del Chapecoense”.

Diego Armando Maradona passou por uma cirurgia de edema cerebral no último dia 3 de novembro. Ele permaneceu hospitalizado por oito dias após a cirurgia, devido a uma “baixa anímica, anemia e desidratação” e um quadro de abstinência devido ao vício em álcool. Desde então ele recebeu alta da clínica de Olivos, onde estava internado em Buenos Aires.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Chapecoense