Hyoran faz dois gols contra o Camboriú e pede oportunidade no time titular da Chapecoense

Meia recebeu elogios do presidente do clube, Sandro Pallaoro

Quando a fase é boa, até quem não vem recebendo oportunidade se destaca. Caso do meia Hyoran, da Chapecoense, que marcou dois gols na goleada de 4 a 0 sobre o Camboriú, sábado, na Arena Condá. Revelação das categorias de base do Verdão no ano passado, o jogador entrou aos nove minutos do segundo tempo e, com apenas dois toques na bola balançou as redes do Cambura, incluindo um de bicicleta.

Foi a primeira partida do atleta nesta temporada. Kempes e Lucas Gomes completaram o placar. Líder do segundo turno pelo saldo, o Verdão do Oeste conquistou no total nove vitórias e dois empates em 11 confrontos, incríveis 87% de aproveitamento dos pontos disputados.

Giba Pace Thomaz/Divulgação Chapecoense

Hyoran comemora com Gil após marcar pela Chapecoense

Em 2015, Hyoran participou de 38 jogos, com quatro gols e três assistências. A boa atuação faz com que o meia brigue por mais chances no time comandado por Guto Ferreira, que por conta de uma suspensão teve de assistir a partida do camarote da diretoria da Chapecoense no estádio.

“Fui premiado, com o primeiro toque na bola pude fazer o gol. O jogo estava difícil e conseguimos tranquilizar para conquistar a vitória. Eu venho trabalhando, aguardando a minha oportunidade. Não reclamei, só trabalhei. Fico feliz por entrar com dois gols, todo jogador sonha com isso e depois sair aplaudido pela torcida”, afirmou. 

A atuação de Hyoran rendeu elogios até do presidente do clube, Sandro Pallaoro. O dirigente exaltou o elenco montado para o Estadual. “O mais importante é o grupo. Para você conquistar título precisa disso. Eu converso muito com ele e digo que o atleta tem que estar focado no momento. Ele entrou e deu conta do recado, fez um golaço. Aos poucos vamos mostrando nossos valores”, declarou.

O auxiliar também falou sobre o meia. “Esperávamos ele dar algo a mais no dia a dia para lança-lo. Fez a função que pedimos e está de parabéns”, completou Alexandre Faganello. 

Ficha técnica 

Chapecoense (4)

Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Dener; Gil, Cleber Santana, Lucas Gomes e Ananias (Hyoran); Silvinho (Maranhão) e Kempes (Perotti). Técnico: Alexandre Faganello 

Camboriú (0)

Rodrigo Rocha; Thoni (Hegon), Alessandro Lopes (Lucas Montelares), Vagner e Badé. Duda, Xipote, Eurico e Chiquinho (Cadu); André Lima e Aldair. Técnico: Agenor Piccinin 

Local: Arena Condá, em Chapecó. Data: 12/3/2016. Horário: 16h. Gols: Hyoran, aos 10 e aos 14, Kempes, aos 32, e Lucas Gomes, aos 46 minutos do segundo tempo. Cartão amarelo: Alessandro Lopes (CAM). Cartão vermelho: André Lima (CAM). Arbitragem: William Machado Steffen, auxiliado por Clair Dapper e Fabiano Coelho da Silva. Público: 8.842 torcedores. Renda: R$ 98.340

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Chapecoense

Loading...