Índio da Chapecoense vira ursinho de pelúcia para máquinas; veja outros times

Inicialmente estão sendo distribuídas 10 mil pelúcias do mascote em máquinas espalhadas por todo o Brasil

Para os amantes de futebol e ursinhos de pelúcia, uma boa notícia: vem aí uma nova coleção de pelúcias com os mascotes dos times. E, para dar a largada, o mascote da Chapecoense estreou a coleção. Isso mesmo! A BR Machine, líder nacional no segmento de pelúcias, já disponibilizou pelúcias do Índio Guerreiro da Chape.

Urso da Chapecoense abre espaço para outros clubes – Foto: Estrutura Comunicação/NDUrso da Chapecoense abre espaço para outros clubes – Foto: Estrutura Comunicação/ND

Inicialmente estão sendo distribuídas pelúcias do mascote da Chapecoense nos equipamentos da empresa espalhados por todo o Brasil, em mais de 250 shoppings e redes de varejo. Os torcedores do Atlético MG, Cruzeiro, Bahia, Fortaleza, São Paulo e Internacional, podem ficar contentes e na expectativa que até o fim deste ano estarão nos equipamentos os mascotes desses times também.

As máquinas de entretenimento e autosserviço são excelentes, pois conseguem oferecer qualidade, entretenimento e diversão familiar. Prezando sempre pela mais alta segurança e qualidade de suas pelúcias e equipamentos, a BR Machine garante diversão para todas as idades, dentro dos mais elevados padrões de segurança e exigências de mercado.

Líder nacional tem aprovação do Inmetro

A marca, presente em todas as regiões do Brasil, é facilmente reconhecida pelas suas máquinas exclusivas, como a Sunshine Crane, que tem uma estrutura similar a uma Kombi, veículo muito popular entre os anos 60 a 90, como também o truck e o bombeiro, esse último que se tornou parte da família dos equipamentos de entretenimento da empresa. Os modelos conseguem operar até seis máquinas simultaneamente, ou seja, seis pessoas brincam em simultâneo.

Inicialmente estão sendo distribuídas 10 mil pelúcias do mascote nos equipamentos da BR Machine espalhados por todo o Brasil – Foto: Estrutura Comunicação/NDInicialmente estão sendo distribuídas 10 mil pelúcias do mascote nos equipamentos da BR Machine espalhados por todo o Brasil – Foto: Estrutura Comunicação/ND

Por trás de toda a magia destas máquinas de entretenimento, é preciso ter empresas que se preocupem em oferecer experiências cada vez mais completas e seguras para o seu consumidor. Motivados pela nostalgia ou pela busca de uma nova opção de entretenimento e diversão, o cliente só quer ter a certeza de que irá vivenciar uma experiência memorável com muita segurança e poder ter a sua coleção particular de pelúcias diferenciadas da BR Machine.

Conheça estratégias para vencer a máquina de bichinho de pelúcia

As máquinas de pegar bichinho de pelúcia estão em shoppings, supermercados e outros estabelecimentos com grande fluxo de crianças. Muitas pessoas já arriscaram a sorte para capturar um prêmio, mas poucas guardam a lembrança da vitória.

A brincadeira é desafiante, mas o representante de uma empresa que fabrica essas máquinas no Brasil garante que é possível voltar do passeio ostentando uma pelúcia fofinha e não é só uma questão de estar em um bom dia.

“É um equipamento de entretenimento e ele tem os seus segredos. Mas a máquina não lida com sorte ou azar, e sim com habilidades e estratégias”, afirma Élcio de Marco, gestor administrativo da BR Machine. As informações são do R7, do Grupo Record.

A brincadeira tem início depois que a pessoa insere uma moeda ou uma nota no valor correspondente ao número desejado de tentativas. Para ganhar uma pelúcia, o cliente deve controlar a garra na máquina e fazer com que ela chegue até o item escolhido para capturá-lo. Após isso, o prêmio deve ser movido até uma boca de liberação para depois ser retirado. A teoria é simples, mas é mais difícil do que parece.

Após algumas tentativas a criança ou o adulto que prometeu o brinquedo para ela costuma desistir da captura e esse pode ser o erro. Diversos vídeos na internet ensinam que após um determinado número de tentativas as chances de vencer são crescentes.

O mascote de pelúcia do time Chapecoense está chegando nos equipamentos da BR Machine! Ela é tão bonita e divertida,…

Posted by BR Machine on Tuesday, June 14, 2022

Essa é a estratégia conhecida na internet como “trava”. Youtubers ensinam em tutoriais que a garra fica mais forte e consegue prender as pelúcias mais pesadas depois que a pessoa gastou em média R$ 30. E, aparentemente, é uma forma de sair vitorioso.

“A cada ‘x’ jogadas, a máquina dá uma força a mais para a pessoa conseguir capturar o prêmio e a garra passa a imprimir maior pressão para puxar os objetos para cima”, revela Élcio.

Para aumentar ainda as chances da brincadeira terminar em prêmio, a fabricante orienta a priorizar os brinquedos que estão mais distantes de outros e evitar aqueles que estão muito próximos ao vidro.

Double tap é uma das técnicas mais utilizada pelos usuários das máquinas – Foto: BR Machine/NDDouble tap é uma das técnicas mais utilizada pelos usuários das máquinas – Foto: BR Machine/ND

Outra técnica  famosa é o double tap (toque duplo, em tradução livre). O usuário deve primeiro posicionar a garra em cima do item que pretende ganhar e depois apertar o botão da máquina uma vez para iniciar a descida e outra no momento que ela se aproximar da pelúcia. Apesar de algumas pessoas terem sucesso desse jeito, não é uma garantia.

A brincadeira exige tempo, paciência e prática, mas tudo indica que é possível conquistar os bichinhos de pelúcia, que por sinal, podem resultar em uma coleção quase que infinita.

“A pelúcia é realmente uma paixão de algumas pessoas, então temos uma missão desafiadora que é sempre estar em busca de novidades. Todo mês procuramos novos catálogos, fazemos seleções e depois realizamos os pedidos para abastecer as máquinas.”

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Chapecoense

Loading...