Senador de SC pede a Bolsonaro justiça em caso da tragédia da Chapecoense

Espiridião Amin (PP) enviou carta endereçada ao Presidente da República nesta terça-feira (22); Bolsonaro visita Chapecó nesta sexta-feira (25)

O Senador catarinense Esperidião Amin (PP) solicitou, por meio de carta, ao Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), engajamento do Governo Federal na causa referente à tragédia envolvendo o clube da Chapecoense, em novembro de 2016. A carta foi endereçada ao presidente nesta terça-feira (22).

tragédia chapecoenseAvião que levava a Chapecoense ficou destroçado – Foto: Arquivo/José G. Acevedo/Policia de Medellin/Divulgação

Na carta, Amin informa que no dia 1º de junho teve uma reunião com a diretoria da Chapecoense e resgatou todas as tentativas e audiências que ocorreram na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional e no âmbito da CPI do caso da Chapecoense.

“Imaginemos que a tragédia de 29 de novembro de 2016 tivesse ocorrido com a delegação do nosso Flamengo ou do Palmeiras. Estou convencido de que o Governo Federal, especialmente o Ministério das Relações Exteriores, o Ministério da Justiça e a Regulação dos Seguros do Brasil não teriam deixado as famílias dos que perderam sua vida naquele acidente no desemparo em que se encontram”, escreveu o senador.

Amin ressalta que considera indispensável que seja designado um dos colaboradores do Governo Federal a procurar um meio de engajar o Governo na busca de uma solução na Justiça para o caso.

O presidente Jair Bolsonaro estará em Chapecó nesta sexta-feira (25). Ele fará uma visita na Arena Condá onde passa por melhorias. Ainda na agenda, Bolsonaro fará uma palestra aos empresários locais no Centro de Eventos, às 19h. O presidente vai abordar as perspectivas para a economia brasileira e também fará um panorama atual do Brasil.

O presidente pernoita em Chapecó e no sábado (26) é esperado motociclistas dos três estados do Sul do país para participar da ‘motociata’. Ainda não se tem informação de qual será o percurso que o presidente irá fazer com os motociclistas.

Relembre o acidente

O acidente aéreo que envolveu o time da Chapecoense completou quatro anos em 29 de novembro de 2020. O desastre antes da final da Copa Sul-Americana deixou 71 mortos e diversas famílias desamparadas e um sentimento de revolta.

O voo 2933 da LaMia transportava a equipe à Medellín, na Colômbia, onde disputaria a final da Copa Sul-Americana. A aeronave teria perdido o contato com a torre de controle e caiu ao se aproximar do aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Chapecoense

Loading...