Com belo gol de Getúlio, Avaí vence o Figueirense na Ressacada

Leão foi melhor durante os 90 minutos e perdeu grandes oportunidades de ampliar o placar; Furacão teve atuação tímida e pouco assustou o gol adversário

O Avaí venceu o Figueirense na noite desta quarta-feira (3) em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Catarinense de 2021. Getúlio marcou o gol solitário da partida em bela cabeçada no início do segundo tempo.

Getúlio marcou o gol da vitória do Leão no clássico – Foto: Cristiano Andujar/Andujar PressGetúlio marcou o gol da vitória do Leão no clássico – Foto: Cristiano Andujar/Andujar Press

Com o resultado, o Leão assume a ponta da tabela do Estadual que será paralisado por ao menos 15 dias a partir desta quinta-feira (4), devido ao cenário crítico vivido pelo Estado diante da pandemia da Covid-19.

Caminhão de gols perdidos

Após um início truncado, com dois cartões amarelos em menos de quatro minutos, um para cada lado, o Avaí teve maior controle da partida no encharcado gramado da Ressacada, tendo aos menos três ótimas chances para sair na frente do placar.

As principais ações ofensivas do Leão aconteceram pelo lado direito com o trio Edilson, Foguinho e Renato. Aos 21 minutos, cruzamento da direita, Getúlio antecipou Paulo Ricardo e cabeceou para grande defesa de Emerson, que estreava na meta do Furacão.

O Avaí teve nova chance aos 32’. Lourenço recebeu na entrada da área, bateu de perna esquerda, a bola desviou na zaga e saiu rente a trave.

Alemão domina a bola pelo Avaí; zaga teve atuação segura – Foto: Patrick Floriani/FFCAlemão domina a bola pelo Avaí; zaga teve atuação segura – Foto: Patrick Floriani/FFC

A melhor chance avaiana aconteceu aos 41’. O lançamento do goleiro Glédson acabou encontrando Renato livre pela direita, ele invadiu a área e, na saída de Emerson, acabou acertando a trave.

Já nos acréscimos, Foguinho e Edilson entraram tabelando na área do Alvinegro, o lateral limpou a jogada mas acabou chutando para fora.

Segundo tempo

O início da segunda etapa seguiu a toada da primeira. Logo no primeiro minuto, Foguinho recebeu na lateral da grande área, cruzou rasteiro para Vinícius Leite que recebeu já sem goleiro, mas o atacante do Leão perdeu tempo, a zaga se recuperou e acabou bloqueando a finalização.

Aos 5’ em novo grande espaço entre a zaga e o meio-campo Alvinegro, Edilson arriscou de fora da área obrigando Emerson a espalmar para escanteio.

De tanto martelar, o gol acabou saindo. Em nova jogada pelo lado direito, Edilson cruzou na medida para Getúlio que antecipou Felipe Gregório e cabeceou encobrindo Emerson: 1 a 0 Leão.

Com o controle da partida, o Avaí apostou nos contra-ataques e teve ao menos duas boas chances para ampliar com Jonathan e Renato.

Figueirense assusta no fim

Tímido no ataque, o Furacão conseguiu assustar a meta avaiana apenas próximo ao fim do jogo. Breno fez boa jogada pela esquerda, invadiu a área, tentou finalizar, mas foi travado pela marcação que tirou para escanteio.

Na cobrança, Alê Santos tentou finalizar, mas Glédson se antecipou ao jogador Alvinegro e salvou o Avaí.

Retorno

O meia Valdívia entrou aos 22 minutos da segunda etapa. Foi a primeira partida do camisa 10 do Leão na temporada. Ele tem contrato com o clube até maio e permanência indefinida para o restante da temporada.

Fim do tabu

O técnico Claudinei Oliveira venceu seu primeiro clássico à frente do Avaí. Em seis partidas, somando as duas passagens do treinador pelo clube, ele havia empatado cinco e perdido uma.

FICHA TÉCNICA

Avaí 1×0 Figueirense

Avaí: Glédson; Edilson, Betão, Alemão e Iury; Foguinho (Luan Silva), Bruno Silva e Lourenço (Wesley Soares); Renato (Matheus Lucas), Getúlio (Jonathan) e Vinícius Leite (Valdívia). Técnico: Claudinei Oliveira

Figueirense: Emerson Jr; Crystian (Tomais), Felipe Gregório, Paulo Ricardo e Carlinhos; Fabrício (Alê Santos), Khevin (Lincon) e Marllon (Denner); Pedro Maranhão (Gabriel), Marcelo Jr e Breno. Técnico: Jorginho

Gol: Getúlio (AVA) aos 13’ do segundo tempo

Cartões amarelos: Bruno Silva (AVA), Lourenço (AVA) e Iury (AVA); Pedro Maranhão (FIG) e Alê Santos (FIG)

Local: estádio da Ressacada, em Florianópolis

Data: 3/3/2020

Arbitragem: Ramon Abatti Abel auxiliado por Alex dos Santos e Johhny Barros de Oliveira

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Futebol Catarinense