De olho no adversário, Criciúma realiza treino em gramado sintético

Tigre, a pedido do técnico, vai a Tubarão para treinar em gramado sintético, o mesmo do estádio Passo D'Arenia, em Porto Alegre (RS), casa do São José

Apesar de não ter mais chances de classificação para a sequência da Série C do Campeonato Brasileiro, o Criciúma está focado em acabar com as chances de rebaixamento o quanto antes. Pensando nisso, a comissão técnica organizou uma preparação especial para encarar o São José-RS, no próximo sábado, às 15h, pela 17ª rodada da primeira fase.

Criciúma, sem chance de acesso à Série B, trabalha para fugir da degola à Série D – Foto: Celso da Luz/ Criciúma E.C./NDCriciúma, sem chance de acesso à Série B, trabalha para fugir da degola à Série D – Foto: Celso da Luz/ Criciúma E.C./ND

Isso porque, como o estádio do adversário, Francisco Novelleto, tem um gramado sintético, o elenco do Criciúma fez um treino em um piso parecido na manhã desta quarta-feira (25).

O grupo foi até a cidade de Tubarão onde realizou uma atividade preparatória no Centro de Treinamento do SAPFESC, o Sindicato dos Atletas Profissionais de Futebol de Santa Catarina, local onde há um gramado de padrões oficiais e sintéticos.

No local, o técnico Itamar Schülle comandou um trabalho técnico, seguido de um tático de posicionamento. O comandante também alertou aos seus jogadores, de como a bola rola diferente e com mais rapidez em gramados sintéticos. Agora, em seu CT, em um gramado normal, o Criciúma fecha a preparação com treinos na quinta e sexta-feira.

Atualmente, o Criciúma é sétimo colocado do Grupo B com 18 pontos – quatro pontos na frente do São Bento, que tem 14 e é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

+

Criciúma EC