Paulo Baier fala em rever conceitos após derrota para o Ituano na Série C

Técnico do Criciúma, Paulo Baier destaca que momento é de manter a cabeça boa e buscar voltar com as boas atuações no HH

O Criciúma segue sem vencer fora de casa, após a derrota para o Ituano, nesta quarta-feira (4). Motivo para o técnico Paulo Baier admita a dificuldade da equipe e que buscará uma nova estratégia quando atuar longe do Estádio Heriberto Hülse.

Na Série C, o Criciúma disputou cinco partidas fora de casa com dois empates e três derrotas.

“Criciúma não consegue jogar da mesma maneira que jogamos em casa. Vamos ter que rever isso. Talvez com outro esquema fora de casa. Em casa conseguimos agredir o adversário. Agora fora de casa temos que reavaliar, ver outro tipo de situação talvez com dois ou três volantes. Não estamos conseguindo desenvolver. É dar um passo para traz e rever nossos conceitos”, analisa Baier.

Segundo ele, a escalação com diversas mudanças para o confronto ocorreu devido ao desgaste físico dos atletas. Além disso, Baier não pôde contar com Rodrigo e Dudu Vieira suspensos e Fellipe Mateus lesionado.

“Responsabilidade das entradas e das substituições é totalmente minha. O que vem nos atrapalhando é tomar gol muito cedo. Alertamos, com o Fluminense e agora aqui também. Volante passou, a bola é do lateral. É desatenção temos que corrigir. Isso não pode acontecer, essa desatenção”, pontua Baier.

Para o técnico Paulo Baier o momento é de pensar em estratégias novas para confrontos fora de casa – Foto: Celso da Luz/CriciúmaEC/NDPara o técnico Paulo Baier o momento é de pensar em estratégias novas para confrontos fora de casa – Foto: Celso da Luz/CriciúmaEC/ND

Em busca da recuperação em casa

Baier destaca que agora o momento é de manter a cabeça no lugar, descansar e se preparar para a partida da próxima segunda-feira (9) contra o São José (RS), no Estádio Heriberto Hülse.

“Em casa ganhamos do Fluminense, do Figueirense, jogamos bem e criamos oportunidades. É ter cabeça no lugar. Toda responsabilidade de escalação e entrada é minha. Optei por algumas situações, alguns jogadores estavam com desgaste pelos jogos seguidos. É ter a cabeça boa, voltar para casa e contra o São José (RS) buscar fazer um grande jogo”, finaliza Baier.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Criciúma EC

Loading...