Renato Semensati

renatosemensati@gmail.com A força do Tigre todos os dias aqui no ND+ com Renato Semensati. Jornalista experiente, ele vive o dia-a-dia e traz as notícias quentinhas de bastidores do Criciúma, além de destacar o esporte em geral da região Sul de SC.


VAR decide, Criciúma vence fora e cola no G4

Criciúma fez gol nos acréscimos e ficou aguardando definição do VAR para garantir os três pontos

O Criciúma conquistou sua segunda vitória fora de casa e se aproximou do G4 da Série B. Com gols de Léo Costa e Rodrigo, o Tigre venceu o Ituano e chegou aos 23 pontos,  atingindo com três rodadas de antecedência a meta estabelecida pelo técnico Cláudio Tencati.

Volante Léo Costa fez seu segundo gol com a camisa do Tigre, em Itu – Foto: Celso da Luz – Assessoria CriciúmaVolante Léo Costa fez seu segundo gol com a camisa do Tigre, em Itu – Foto: Celso da Luz – Assessoria Criciúma

O jogo foi ruim técnicamente. Mesmo reforçado pelo meia Marquinhos Gabriel, o Tigre pouco criou no primeiro tempo, e o único lance de gol nos primeiros 45 minutos foi do Ituano. O gol de Rafael Elias foi anulado pelo VAR, por impedimento.

O Tigre abriu o placar aos seis minutos. Léo Costa chutou forte de fora da área e o goleiro Pegorari, do Ituano, aceitou.

O Criciúma encaminhava tranquilamente sua vitória até os 40 minutos. Após uma cobrança de escanteio, os donos da casa chegaram ao empate com o zagueiro Lucas Dias.

Já nos acréscimos, em lance que precisou de nova interferência do VAR, Rodrigo aproveirou um cruzamento de Claudinho e tocou para o gol, sem goleiro e dentro da pequena área.

O gol saiu em cima da alteração feita minutos antes pelo técnico Cláudio Tencati. Claudinho que entrou aos 27 minutos, cruzou para o zagueiro matar o jogo.

Vitória com emoção e que coloca ainda mais expectativa para o jogo diante do Vasco, no sábado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...