Escudo: Figueirense
FIG Figueirense
Escudo: Guarani
GUA Guarani
Orlando Scarpelli - 26/09/2020 às 11h00

Figueirense corre atrás do prejuízo e consegue o empate em 2 a 2 com o Guarani

Após o Guarani abrir 2 a 0 no placar, o Figueirense conseguiu se recuperar e buscar o empate ainda no início do segundo tempo

O empate em 2 a 2 entre Figueirense e Guarani, neste sábado (26), foi cercado de emoções. Após gol no primeiro minuto, o Furacão do Estreito precisou manter os pés no chão e correr atrás do prejuízo, que chegou a ser de dois gols de diferença.

Figueirense corre atrás do prejuízo e consegue o empate em 2 a 2 com o Guarani – Foto: Patrick Floriani/FFC

Diferente das últimas partidas, o primeiro tempo não faltou gols. Já no primeiro lance do jogo, um velho conhecido do torcedor de Figueirense e Avaí abriu o placar para os visitantes. Rafael Costa recebeu cruzamento do lado direito e apareceu na área para colocar o Bugre na frente do marcador.

O Furacão do Estreito não demonstrou abatimento com o primeiro gol e seguiu buscando espaços para empatar o jogo. Aos oito minutos, Keké aproveitou a saída do goleiro Jefferson e desviou de cabeça em direção ao gol. No entanto, a defesa do Guarani apareceu para afastar o perigo antes que a bola entrasse.

O jogo seguia movimentado, com o Furacão do Estreito com mais posse – terminou o primeiro tempo com 61% de posse de bola – e buscando jogadas no campo de ataque. Mas o primeiro tempo realmente parecia ter dono. Após lindo passe de calcanhar de Rafael Costa, o lateral Matheus Bidu apareceu dentro da área para chutar na saída do goleiro Rodolfo e ampliar para os visitantes, aos 24 minutos.

Após o gol, o Figueira demonstrou um certo nervosismo e começou a errar muitos passes por conta da velocidade que tentava impor. Mas no último lance do primeiro tempo, Diego Gonçalves apareceu para desviar um bom cruzamento de Sanchez e descontar para os donos da casa.

No retorno do segundo  tempo, o jogo seguia lá e cá. Mas o Figueirense conseguiu chegar ao gol do empate ainda nos 10 minutos. Após jogada de escanteio, o zagueiro Victor Oliveira ficou com a sobra e acertou um lindo chute do meio da área.

Em seguida, ambas as equipes começaram a demonstrar um certo cansaço por conta do calor. Outra amostra do desgaste é que os dois treinadores usaram nove substituições. Mesmo com o Guarani chegando com mais perigo no ataque, a partida terminou no empate em 2 a 2. Vale ressaltar que o Figueirense ainda não havia marcado em casa, mas segue sem vencer dentro de casa, nesta Série B.

Com o empate, o Figueirense soma 10 pontos em 10 jogos e se mantém na 14° colocação, apenas dois pontos da zona de rebaixamento. O Guarani sobe para o 15° lugar com 9 pontos em 11 jogos.

O próximo compromisso do Furacão do Estreito será o clássico contra o Avaí, na próxima terça-feira (29), às 19h15, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

O Guarani recebe o o Sampaio Corrêa, na terça-feira (29), às 21h30, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

Figueirense: Rodolfo, Lucas Carvalho, Victor Oliveira (Paulo Ricardo), Pereira e Sanchez (Everon); Patrick (Elyeser), Geovane (Brunetti) e Dudu (Arouca); Everton Santos, Diego Gonçalves e Keké. Técnico: Elano.

Guarani: Jefferson Paulino (Rafael Pin), Cristovam, Wálber, Didi e Bidu; Marcelo, Eduardo Person, Murilo Rangel (Arthur Rezende), Bruno Sávio (Renanzinho); Waguinho e Rafael Costa (Rafael Costa). Técnico: Ricardo Catalá.

Gols: Guarani: Rafael Costa (1°/1T) e Bidu (24°/1T); Figueirense: Diego Gonçaves (49°/1T) e Victor Oliveira (10°/2T).

Cartões: Everton Santos (FIG); Cristovam (GUA), Murilo Rangel (GUA) e treinador de goleiros

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Data: 26/09/2020. Horário: 11h

Arbitragem: O responsável por apitar a partida será Lucas Paulo Torezin (PR). Os auxiliares serão Rafael Trombeta (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR).

Lances da partida

+

Figueirense