Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Comentário: Diante do Sampaio Corrêa, o Figueirense ficou devendo e mereceu a derrota

Não foi boa a estreia do Jorginho pelo Figueirense no estádio Orlando Scarpelli. O futebol ficou muito longe do que foi apresentado diante do Cruzeiro na semana passada.

Figueirense perde para o Sampaio Corrêa na estreia do Jorginho no Scarpelli – Foto: Patrick Floriani/FFCFigueirense perde para o Sampaio Corrêa na estreia do Jorginho no Scarpelli – Foto: Patrick Floriani/FFC

O Figueirense não realizou uma boa partida na tarde desta segunda (23) no estádio Orlando Scarpelli e mereceu ser derrotado pelo rápido time do Sampaio Corrêa de virada por 2 x 1. Em um jogo em que o destaque do alvinegro foi o goleiro Sidão, com no mínimo 5 importantes realizadas, o resultado não poderia ter sido outro. A situação permanece bastante complicada na luta contra o rebaixamento. E o treinador Jorginho, pela sua fisionomia de preocupação no 2º tempo, percebeu que vai ter muito trabalho  para desenhar uma equipe competitiva e que traga de volta a confiança da torcida. O Figueirense começou bem, apostando na velocidade. Marcou o seu gol com o atacante Lucas Barcelos, e teve a chance de ir para o vestiário com 2 gols de vantagem. Mas o outro atacante, Diego Gonçalves desperdiçou uma penalidade máxima. Na segunda etapa, o futebol do Figueirense caiu assustadoramente de rendimento. As alterações efetuadas pelo Jorginho até pioraram a equipe que viu o adversário dominar. Resumo: Léo Artur e outros que foram elogiados diante do Cruzeiro, decepcionaram.

CLIQUE ABAIXO E CONFIRA AS NOTAS DOS JOGADORES DO FIGUEIRENS NA DERROTA DIANTE DO SAMPAIO CORRÊA.

NOTA DOS JOGADORES DO FIGUEIRENSE