De virada, Figueirense bate o Guarani de Palhoça por 2 a 1

Vitinho abriu o placar com golaço. Marcão e Clayton garantiram a vitória alvinegra

O Figueirense sofreu, mas conquistou os três pontos contra o Guarani de Palhoça na noite desta quarta-feira. Jogando em um campo encharcado após forte chuva no início da noite, as duas equipes fizeram um primeiro tempo fraco. O jogo só melhorou na reta final, com o gol de Vitinho, mas Marcão, ainda no primeiro tempo, e Clayton, no início do segundo, viraram para o Figueirense e confirmaram a vitória por 2 a 1.

Eduardo Valente/ND

Clayton foi o autor do gol da virada

O primeiro tempo foi de baixo nível e as equipes pouco chutaram a gol. O Guarani de Palhoça começou melhor e pressionou nos cinco minutos iniciais, sem, no entanto, ameaçar a meta de Alex.

Após o sufoco inicial, o Figueirense tomou o controle do jogo, mas também sem efetividade.

A partida só ganhou emoção na reta final da primeira etapa. Aos 40, após cobrança de escanteio desviada no meio da área, Vitinho acertou um belo voleio sem deixar a bola cair no chão e abrir o placar.

Se  o gol dos mandantes foi uma bela jogada, o Figueirense usou do oportunismo para chegar ao empate.

Três minutos depois do gol do Guarani, Leandro Silva cruzou na área para Mazola, livre. O atacante chutou, mas escorregou no lance e facilitou a defesa de Rodrigo Rocha, mas o goleiro espalmou no pé de Marcão, que só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes.

Na volta para a segunda etapa, Clayton teve a chance de virar a partida aos oito minutos. Após cruzamento de Marquinhos Pedroso, o atacante deslizou para empurrar a bola de carrinho, mas ela saiu fraca e Rodrigo ficou com ela tranquilamente.

Aos 13, no entanto, o atacante não vacilou. Após novo cruzamento do lateral esquerdo, Marcão fez o corta-luz e Clayton recebeu sozinho dentro da área para chutar a gol e virar o placar.

:: Galeria de fotos

Após a virada, o jogo ficou equilibrado, com as duas equipes buscando o gol. O Guarani quase chegou ao empate aos 20, quando o zagueiro Marcão acertou bom cabeceio, mas a bola passou ao lado da trave de Alex. Aos 36, nova chance.

Após cruzamento, Hégon chutou dentro da pequena área, mas a bola bateu na zaga. No rebote, Thiago Silva chutou meio sem ângulo e forçou boa defesa de Alex.

O Guarani buscou o empate na reta final e seguiu pressionando, mas o Figueirense soube administrar o resultado para sair com mais uma vitória, a terceira em quatro jogos.

Com isso, o Figueirense se confirma na segunda posição, com nove pontos. O Guarani estaciona nos três pontos, ocupando a sétima posição. Na próxima rodada, O Figueirense visita a Chapecoense na próxima quarta-feira. Já o Guarani recebe o Atlético de Ibirama no mesmo dia.

GUARANI DE PALHOÇA (1)
Rodrigo Rocha; Cleiton Garcia (Vinicius Orlando), Marcão, Fábio Fidélis e Paulo Vítor; Xipote, Brenno (Thiago Silva), Gustavo Santos (Felipe Oliveira), Michel e Hégon; Vitinho. Técnico: Amaro Júnior.

FIGUEIRENSE (2)
Alex; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Marquinhos Pedroso; Paulo Roberto, França (Dener) e Ricardinho; Clayton (Dudu), Mazola (Jefferson) e Marcão. Técnico: Argel Fucks.

Gols: Vitinho, aos 40, e Marcão, aos 43 do primeiro tempo; Clayton, aos 13 do segundo tempo. Cartões amarelos: Vitinho (G); Alex, Marquinhos Pedroso, Thiago Heleno e Jefferson (F). Local: Estádio Renato Silveira, em Palhoça. Arbitragem: William Machado Steffen, auxiliado por Helton Nunes e Priscila Cristina dos Santos. Público: 965. Renda: R$ 17.190.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Figueirense

Loading...