Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Direção do Figueirense repudia atos de vandalismo da sua própria torcida após o clássico

Ato foi condenado pela diretoria e pelos próprios torcedores do Figueirense; vandalismo foi relatado na súmula do jogo

Na coluna desta segunda(14) escrevi o seguinte: 

NEGATIVO 

Totalmente injustificada a violência de alguns torcedores do Figueirense que após o jogo quebraram os acrílicos do setor B do estádio Orlando Scarpelli. O que passa na cabeça do torcedor nessa hora? O que justifica quebrar o patrimônio do próprio clube? 

PREJUÍZO

Após o término do clássico, alguns torcedores promoveram uma grande confusão no setor B do estádio Orlando Scarpelli quebrando vários acrílicos que separam os torcedores do gramado. Absurdo e injustificável. É prejuízo para o próprio clube que eles dizem defender. Para piorar, esses incidentes foram registrados na súmula pelo árbitro Rodolfo Marques.

Jornal Notícias do Dia, segunda 14.05.2018 – Coluna Fábio Machado

Na manhã dessa seguinda a direção do Figueirense emitiu no site oficial uma nota de repúdio pelos atos de violência de alguns torcedores do clube. 

Confira abaixo na íntegra: 

COMUNICADO – DIRETORIA REPUDIA ATOS DE VANDALISMO NO ESTÁDIO ORLANDO SCARPELLI

A diretoria do Figueirense repudia os atos de vandalismo praticados por alguns torcedores ao final do clássico do último sábado (12), no Estádio Orlando Scarpelli. Lamentamos profundamente que os torcedores que vieram ao estádio para torcer pelo Figueirense presenciassem cenas de vandalismo e violência proporcionada por alguns, que geraram enormes prejuízos para o Clube. O Figueirense está trabalhando para identificar os infratores e aguarda o relatório da Polícia Militar para tomar as medidas necessárias.

Viemos da conquista de um título catarinense, nos tornando ainda mais o Clube mais vezes campeão do Estado, e após começar a série B com três vitórias, sofremos a segunda derrota seguida, pela primeira vez na temporada.

Nosso maior objetivo na temporada é recolocar o Figueirense na elite do futebol brasileiro, e para isso, precisamos estar com a torcida no nosso lado, apoiando e incentivando o time, nas vitórias e também nas derrotas. Diretoria, funcionários, comissão técnica e jogadores estão inteiramente focados e trabalhando incessantemente em busca do principal objetivo do ano, e para isso, precisamos que a Nação Alvinegra seja um diferencial a nosso favor.