Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.


Fala, Jorginho: “Infelizmente nós vamos sofrer até o final”.

Na coletiva do treinador Jorginho após a derrota do Figueirense, uma análise sobre as condições físicas da sua equipe e a evolução nessas duas partidas.

Jorginho foi apresentando pelo Figueirense na manhã desta segunda-feira – Foto: Patrick Floriani/FFCJorginho foi apresentando pelo Figueirense na manhã desta segunda-feira – Foto: Patrick Floriani/FFC

Na entrevista coletiva após a derrota do Figueirense diante do Sampaio Corrêa no estádio Orlando Scapelli, o treinador Jorginho avaliou o desempenho dos seus atletas e alertou “Nós vamos sofrer até o final” se referindo ao preparo físico da sua equipe que “tem quem aproveitar o nosso momento para definir a partida”. Sobre a queda de rendimento na segunda etapa “as pernas pesaram e nós começamos a errar”. Jorginho concluiu essa análise de forma perturbadora para a torcida alvinegra: “Esse sofrimento, infelizmente vai até o final”

EVOLUÇÃO

Segundo o treinador Jorginho, o time evoluiu desde o jogo diante do Cruzeiro: “As movimentações já estão um pouco melhor, mas ainda estamos inseguros para sair lá de trás com a bola tocando”. Novamente chamando atenção do preparo físico da sua equipe (ou da falta dele), Jorginho novamente insiste: “No primeiro tempo enquanto as nossas pernas suportaram, chegamos com muita facilidade na área adversária”

CLIQUE ABAIXO E LEIA:

NOTA DOS JOGADORES E AVALIAÇÃO DO TREINADOR

COMENTÁRIO SOBRE O JOGO FIGUEIRENSE 1 X 2 SAMPAIO CORRÊA