Fernandes volta ao time titular para encarar o Brusque

Partida vale o título do returno do Catarinense

Marco Santiago/ND

Fernandes será titular contra o Camboriú

Ele está de volta. Depois de 17 partidas na temporada, finalmente Fernandes retorna ao time titular do Figueirense. Contra o Camboriú, neste domingo, às 16h, no Orlando Scarpelli, em jogo que pode dar o título do returno ao Figueira com uma simples vitória, o ídolo alvinegro deverá atuar no lugar de Julio Cesar, no ataque. “A gente sabe que o objetivo foi conquistado, que era a vaga na semifinal e a liderança no geral, mas é importante também terminar bem este segundo turno e é isto que a gente está encarando para este jogo”, disse.
Foram três lesões que impossibilitaram a sequência do atleta no time do técnico Branco. Segundo o jogador, consequência do excesso de vontade. “Eu coloquei na minha cabeça que 2012 seria o melhor ano da minha carreira e, com isto, exagerei um pouco. Mas agora estou com a cabeça focada em fazer o meu melhor, mas com controle maior também”, explicou ele.
Branco comemorou o retorno do craque e destacou a importância dele no elenco para o restante da temporada. “O Fernandes é um grande jogador e, além da sua condição técnica, é importante na administração da equipe. Um atleta experiente que eu conto para o ano inteiro”, afirmou.
Do time que enfrenta o Camboriú neste domingo, o ataque é o setor que segue indefinido. Aloisio, que faria dupla com Fernandes, foi poupado do treino de sexta-feira e é dúvida. Jean Deretti pode ter mais uma chance.
Outra novidade está no gol. Neto, 19 anos, será titular pela primeira vez, já que Wilson cumpre suspensão. E no banco de reservas, estará Luan, outro goleiro da base.

De olho no time

Depois de duas semanas treinando no CFT do Cambirela, o técnico Branco permitiu novamente a abertura dos portões do Orlando Scarpelli para a torcida nesta sexta-feira. Dezenas de alvinegros acompanharam o trabalho tático.
Classificado para as semifinais, resta ao torcedor esperar quem será o adversário na próxima fase. “Eu acredito que passe Joinville, Chapecoense e Metropolitano. Clássico é legal, mas haja coração”, disse a presidente da torcida Elas, Rosângela da Silva.
A filha dela, Bárbara Madeira, está gostando do comando de Branco, principalmente pelas oportunidades aos jogadores da base. “Eles têm o tempero que é o amor à camisa”, definiu.
Outro que não quer saber de clássico é Gustavo França. “Só se o segundo jogo for na Ressacada, porque aqui é complicado”, confessou entre risos. Satisfeito com o time, ele se preocupa com o setor defensivo. “O Canuto tem que ser titular, mas precisávamos de um Edson Silva ou Roger Carvalho ali do lado. E precisa de um atacante”, analisou.

Ficha técnica

Figueirense

Neto; Pablo, João Paulo, Fred e Guilherme Santos; Coutinho, Jackson, Botti e Luiz Fernando; Aloisio (Jean Deretti) e Fernandes. Técnico: Branco

Camboriú

André; Luiz Renan, Bruno Garcia, Neris e Rodolfo; Willian Feijó, Ramon, Gesiel e Renan; Diego Jardel e Clênio. Técnico: Suca

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Data: 15/04/2012. Horário: 16h. Arbitragem: Clodoaldo Jusviack; auxiliado por Helton Nunes e Thiago Americano Labes.

Acesse e receba notícias de Camboriú e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Figueirense