Figueirense recebe o Botafogo em duelo direto contra a degola

Figueirense recebe o time de Ribeirão Preto (SP) às 21h30, na abertura da 24ª rodada da Série B; é o 18º contra o 19º colocado em jogo vital na luta contra Série C

O Figueirense recebe o Botafogo-SP, nesta quinta-feira (26), em duelo válido pela 24ª rodada da Série B. O jogo, que será realizado no estádio Orlando Scarpelli a partir das 21h30, coloca frente a frente dois dos piores times do campeonato em confronto vital.

É tipo briga de foice no escuro. Figueirense e Botafogo, colocados em 18º e 19º, respectivamente, na tabela de classificação, duelam em confronto direto contra a queda à Série C.

Jorginho Cantinflas, técnico do Figueirense, busca sua primeira vitória a frente da equipe – Foto: Patrick Floriani/FFC/divulgação/NDJorginho Cantinflas, técnico do Figueirense, busca sua primeira vitória a frente da equipe – Foto: Patrick Floriani/FFC/divulgação/ND

Para se ter uma ideia os dois times acumulam séries (longas e) negativas. Enquanto o Figueirense, sob o comando de Jorginho, acumulou mais dois em uma série de seis jogos sem vitórias, o representante de Ribeirão Preto (SP) não triunfa há cinco partidas.

Na última rodada do tricolor, inclusive, perdeu para o coirmão do alvinegro, o Avaí, 1 a 0.

Jorginho sem os reforços

Nos últimos dois dias, mais dois reforços desembarcaram em Florianópolis: o atacante Geovane Itinga e o volante Raimundo Nonato aguardam regularização e não foram relacionados para o confronto, logo, estão fora.

Alemão, suspenso pelo STJD, segue fora com mais dois jogos a cumprir. Léo Artur, com um desconforto, foi vetado pelo departamento médico que deverá reavaliá-lo.

Quem está de volta é o volante Matheus Neris, que cumpriu suspensão automática na derrota para o Sampaio Corrêa. Ele deve ingressar na vaga de Elyeser.

Apesar de um empate com o Cruzeiro no Mineirão e a derrota para o time do Maranhão na última rodada, o sentimento acerca da partida, no bairro Estreito, é de esperança.

Há o entendimento,  pelos corredores do estádio Orlando Scarpelli, que a atitude mostradas nos dois últimos jogos, sob os cuidados de Jorginho, são passíveis de acreditar em uma reação.

O Figueirense, a seis pontos do 16º colocado, o Vitória, precisa engatar uma série de resultados positivos se quiser sair do atoleiro.

Esperança no Botinha

No Botafogo, Moacir Júnior não terá nenhum jogador suspenso. O atacante Wellington Tanque, enquanto isso, volta de suspensão e ficará no lugar de Matheus Alessandro. Outra mudança será a entrada de Jonata Machado na vaga de Jeferson.

O lateral-esquerdo, os volantes Naldo, Ferreira e Vitor Bolt, além dos atacantes Luketa e Murilo Oliveira seguem lesionados e são dúvidas. “Eu acredito (que o Botafogo não cairá), senão eu nem haveria assumiria compromisso”, disse Moacir Júnior”.

No 1º turno

O Figueirense soma quatro vitórias em 23 jogos. Um desses triunfos, inclusive, foi conquistado sobre o rival da noite desta quinta. Sob o comando do ex-técnico Márcio Coelho e com gol do ex-jogador alvinegro Keké, o Furacão bateu o time paulista.

FICHA TÉCNICA

Figueirense: Sidão; Thiaguinho, Guilherme Teixeira, Vitor Mendes e Renan Luís; Matheus Neris, Patrick e Dudu (Marquinho); Lucas Barcelos,  Bruno Michel e Diego Gonçalves. Técnico: Jorginho Cantinflas.

Botafogo: Darley; Jônata Machado, Robson, Walisson Maia e Guilherme Romão; Elicarlos, Jeferson e Matheus Anjos; Rafinha, Judivan e Ronald. Técnico Moacir Júnior.

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Data: 26/11/20. Hora: 21h30.

Arbitragem: Ivan da Silva Guimarães Júnior (AM); auxiliado por Dimmi Yuri das Chagas Cardoso (AM) e Uesclei Regison Pereira dos Santos (AM).

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Figueirense