Figueirense recebe o Paraná em busca da primeira vitória na “era Elano”

Furacão, além de buscar os primeiros três pontos com o seu "novo" técnico, precisa da vitória para se reaproximar do bloco de cima da Série B

O Figueirense entra em campo nesta sexta-feira (4), a partir das 19h15, no estádio Orlando Scarpelli, para mais um compromisso na Série B, dessa vez, frente ao Paraná Clube. Será mais uma chance – além da própria necessidade – de Elano Blumer conquistar sua primeira vitória a frente do Furacão.

Elano, com dois jogos a frente do Figueirense, busca sua primeira vitória com o uniforme alvinegro – Foto: Patrick Floriani/FFC

É assim mesmo, sem muito tempo para refletir, digerir, comemorar ou quiçá lamentar: menos de três dias depois de perder para o Náutico, em Recife (PE), o Figueirense já mira o horizonte – não tão distante – para tentar se estabilizar na tabela de classificação.

O adversário da vez, no entanto, inspira respeito. O Paraná Clube é o vice-líder da competição com 14 pontos a partir de quatro vitórias e dez gols marcados. O Figueirense, por outro lado, é 15º com cinco pontos somados e apenas dois gols assinalados.

Reforço liberado

Depois de anunciar o atleta, o técnico Elano deve contar com o lateral Elácio Córdoba que teve seu nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. Elácio, que é colombiano, atuou com Elano na Inter de Limeira-SP e foi um dos destaques da equipe no paulistão 2020.

Elacio Cordoba, novo lateral-direito do Figueirense, liberado para estrear – Foto: BID/CBF

O atleta também chega para repor a saída do então capitão da equipe, Lucas, que pediu sua rescisão de contrato com o Figueirense.

Quem também pode ganhar uma vaga na equipe é Elyeser, que vem entrando bem na equipe e pode ser companheiro de Matheus Neris. Arouca, que saiu machucado, deverá ser avaliado para saber se fica a disposição. Quem também vive a possibilidade de entrar no time ou, nesse caso, voltar, é o volante Geovane afastado há duas partidas após uma entorse no tornozelo.

Apesar da sequência ruim do alvinegro nesta Série B – e até mesmo na temporada -, o sentimento que paira sobre o estádio Orlando Scarpelli é de evolução. Foi assim depois de um segundo tempo em que a equipe, apesar de ter jogado melhor que o Timbu, trouxe para Florianópolis a derrota.

Médio e longo prazo

A CBF divulgou, nesta quinta-feira (3), o desmembramento de mais uma parte da Série B 2020. Destaque para o clássico da capital catarinense entre Avaí x Figueirense, marcado para o dia 29/09/20, no estádio da Ressacada, a partir das 21h30.

Outro “reencontro” esperado pelo Figueirense é com o Cuiabá, em duelo que acontece no próximo dia 8, na Arena Pantanal, palco do episódio W.O, registrado ainda em 2019 e apontado como o mais triste da história quase que centenária do Furacão alvinegro.

Vice-líder com mudanças

O tricolor paranista deverá ter, pelo menos, cinco mudanças em relação ao time que venceu a Ponte Preta, no início da semana. A dupla de zaga, será “importada”: sem Fabrício, suspenso, e Thales, que retornou ao Internacional-RS, estão fora. Salazar e Hurtado, ambos colombianos, devem formar o miolo de defesa.

Outra alteração será no setor de criação do Paraná. Renan Bressan, autor de um dos gols da vitória e camisa 10 da equipe, sentiu dores na coxa e, ainda na primeira etapa do último jogo, teve que ser substituído. Bressan, assim, não reúne condições de jogo e deverá ser substituído por Michel.

Andrey e Gabriel Pires ainda farão o sentido inverso já que devem voltar ao time de Allan Aal. A confirmação, como é de prache, deverá acontecer somente uma hora da bola rolar.

O nd+ acompanha o duelo em tempo real, a partir das 18h30.

FICHA TÉCNICA

Figueirense: Sidão (Victor Caetano); Elácio, Alemão, Pereira e Sanchez (Vitor Oliveira); Matheus Neris, Elyeser e Marquinho; Keké, Pedro Lucas e Diego Gonçalves. Técnico: Elano Blumer.

Paraná: Alisson; Paulo Henrique, Salazar, Hurtado e Jean Victor; Jhony Douglas, Higor Meritão e Michel; Guilherme Biteco (Gabriel Pires), Bruno Gomes e Marcelo (Andrey). Técnico: Alan Aal.

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Data: 04/09/20. Hora: 19h15

Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ); auxiliado por Diogo Carvalho Silva (RJ) Gabriel Conti Viana (RJ).

+

Figueirense