Jorginho não joga a toalha e dá força para Rodolfo Castro após falha

"Vamos até o final. Se algum clube perder, estamos de volta à briga", disse o treinador em coletiva após a derrota para o Juventude em Caxias do Sul (RS)

A derrota para o Juventude deixou a missão do Figueirense ainda mais complicado na luta contra o rebaixamento para a Série C. A equipe aguarda os resultados da rodada e, se Náutico e Vitória pontuarem em suas respectivas partidas, o Furacão estará rebaixado com uma rodada de antecedência.

Jorginho fala durante coletiva de imprensa no FigueirenseJorginho ainda não jogou a toalha – Foto: Patrick Floriani/FFC

Para o técnico Jorginho ainda não é momento de jogar a toalha. “Ainda não acabou, temos que esperar os adversários jogarem. Eu acredita ainda. No futebol tudo pode acontecer”, declarou o comandante alvinegro.

“Vamos até o final. Se algum clube perder, estamos de volta à briga. Só vou desanimar se não tiver nenhuma chance. Somos profissionais e vamos continuar honrando o clube até o último jogo”, completa.

Após o abrir o placar com um gol irregular do atacante Erison aos 39′ da segunda etapa, a equipe viu a vantagem desaparecer três minutos depois em falha do goleiro Rodolfo Castro. Para piorar, o Alvinegro ainda levou a virada nos acréscimos.

Questionado sobre a falha do goleiro do Furacão, Jorginho foi solidário ao jogador.

“Só vai falhar quem está ali. O Rodolfo é um grande goleiro, temos que parabenizar pelo que vem fazendo, dar força para ele. Falhar, infelizmente, é inerente à profissão dele”, afirmou o treinador.

O Figueirense seca Vitória, Náutico e Paraná na rodada e volta a campo na próxima sexta-feira (29), quando recebe a Ponte Preta na rodada de encerramente da Série B 2020/21.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Figueirense